Unesco destina quase US$ 100 mil a projeto audiovisual para índigenas

“Vídeo nas Aldeias”, do Brasil, foi escolhido ao lado de iniciativas de Moçambique, África do Sul, Camboja entre outras

Um projeto brasileiro “Vídeo nas Aldeias” foi escolhido para receber um financiamento equivalente a R$ 170 mil da Unesco, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura.

O projeto apoia documentaristas indígenas que produzem filmes para crianças em escolas do país. O objetivo é apresentar a diversidade cultural do Brasil a alunos.

Treinamento de Pessoal

O “Vídeo nas Aldeias”, criado em 1986, foi escolhido ao lado de outras 16 iniciativas de vários países incluindo Moçambique, África do Sul, Zimbábue e Camboja.

Ao todo, serão destinados aos projetos realizados em países em desenvolvimento US$ 1,3 milhão em financiamento. As iniciativas abrangem treinamento de pessoal, programas educativos e apoio a projetos culturais.

Um outro programa contemplado pelo patrocínio da Unesco foi o projeto VizArt, da Bósnia-Herzegovina, que tenta mapear a indústria cinematográfica do país para promover mais produções no setor, além de estimular o potencial econômico da realização de filmes.

*Com informações: Rádio ONU

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]