Preço de mercado das maiores lavouras do país fecha ano em R$ 206 bi, com destaque para algodão e café

O valor bruto da produção (VBP), que leva em conta os preços de mercado das 20 maiores lavouras do país, fechou 2011 em R$ 205,9 bilhões. O resultado foi 11,9% superior ao de 2010 e o melhor já registrado desde 1997, quando começou a ser acompanhado.

De acordo com o Ministério da Agricultura, que divulgou os dados hoje (19), o Centro-Oeste apresentou o maior crescimento, 30,7%, com destaque para o estado de Mato Grosso.

O coordenador do estudo, José Garcia Gasques, da Assessoria de Gestão Estratégica do ministério, disse que o resultado positivo deve-se aos preços favoráveis aos agricultores e à boa safra colhida no período. As lavouras que mais contribuíram para o recorde foram as de algodão, café, laranja, cana-de-açúcar, milho, soja e uva.

Além do Centro-Oeste, as outras regiões que aumentaram seu VBP foram o Nordeste (17,3%), Sul (8,3%) e Sudeste (7,6%). A Região Norte foi a única que apresentou queda no valor bruto da produção, de 8,9%.

Apesar da previsão de uma safra menor para este ano, de 160 milhões de toneladas (ainda não computadas as perdas com as secas no Sul), a projeção feita pela Assessoria de Gestão Estratégica indica um VBP de R$ 216,2 bilhões, com crescimento de 5% em relação a 2011. O estudo, que é revisado mensalmente, leva em conta dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Fundação Getulio Vargas (FGV) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]