Polícia usa imagens da SEPREV de Feira de Santana para prender criminosos

Acusados foram presos em menos de 24 horas após o crime.

Sistema de segurança implantado pela administração de Tarcízio Pimenta contribuiu para solucionar crime.

As imagens cedidas pela Central de Videomonitoramento da Prefeitura de Feira de Santana foram fundamentais para a prisão de Almir Costa Lopes e Antônio Tibúrcio da Silva Neto, ambos de 25 anos, acusados de assassinar um jovem no final da tarde de terça-feira (17/01/2012), próximo à Estação Rodoviária. A movimentação na área foi registrada pelas câmeras e as imagens enviadas à Coordenadoria Regional de Polícia Civil.

Segundo o coordenador regional de Polícia, Ricardo Brito, o material encaminhado pela Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev), “foi essencial para identificar e prender os acusados e elucidar o crime em pouco tempo”, atesta o delegado. Ele ainda destaca a importância da central para o trabalho de segurança realizado na cidade.

Para o secretário Mizael Freitas de Santana, a sociedade é quem ganha com essa integração entre os órgãos de segurança. Acontecimentos como o de ontem, segundo ele, servem para fortalecer o trabalho da Central de Videomonitoramento. “Não há disputa, supremacia ou individualismo, mas sim ações harmônicas, com um objetivo comum”, destaca o secretário de Prevenção à Violência.

O sistema de videomonitoramento da Seprev é composto por 70 câmeras, instaladas em pontos estratégicos da cidade, que funcionam monitoradas 24 horas. Mas a previsão é que esse número chegue a 130 até o final deste ano, conforme Mizael Freitas.

Leia +

Central de Videomonitoramento 156 ajuda a Polícia Civil solucionar crime em Feira de Santana

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]