Operação resulta em 12 prisões e apreensão de explosivos clandestinos

Pelo menos 12 pessoas entre comerciantes e pescadores foram presas no final de semana durante a realização da “Operação Poseidon” que objetivou reprimir o uso e comercialização de explosivos clandestinos. Participaram as Polícias Civil e Militar, Ibama, Marinha e Ministério Público estadual. A operação foi deflagrada nos municípios de Salvador, Feira de Santana, Salinas da Margarida, Itaparica, Simões Filho e Candeias.

Foram apreendidos 305 quilos de dinamite, 247 pavios, 30m de cordão detonante e 4.200 espoletas e uma entrevista coletiva, com a participação de todos os órgãos que participaram da operação, será concedida hoje, dia 23, às 15h, na sede da Companhia de Operações Especiais da polícia (COE), em São Cristóvão. Representando o MP, estará o promotor de Justiça Roberto Gomes, coordenador em exercício do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Meio Ambiente (Ceama).

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]