Maurice Durozier ministrará workshop Com Shakespeare. Ator da companhia francesa Théâtre Du Soleil estará no Teatro Vila Velha em Salvador

maurice-durozier-ministrara-workshop-com-shakespeare-ator-da-companhia-francesa-theatre-du-soleil-estara-no-teatro-vila-velha-em-salvador

maurice-durozier-ministrara-workshop-com-shakespeare-ator-da-companhia-francesa-theatre-du-soleil-estara-no-teatro-vila-velha-em-salvador

As Oficinas Vila Verão, projeto realizado pelo Teatro Vila Velha desde 2007, recebe Maurice Durozier, um dos mais importantes atores do Théâtre Du Soleil (FRA), para ministrar o workshop intitulado “Com Shakespeare” de 6 a 10 de fevereiro de 2012. As aulas acontecerão de segunda a sexta, das 9h às 13h, e os interessados deverão se inscrever até o dia 03/02 no Vila.

Nessa oficina, Maurice trabalhará a interpretação e improvisação, baseadas na prática desenvolvida nas criações do Thèâtre Du Soleil, a partir de textos de Shakespeare, em especial “A Noite de Reis”, por considerar a sua obra uma escola para o ator. De acordo com Durozier, Shakespeare é, acima de tudo, a escola do ator porque nada o predestinava ao teatro. Ele entrou nesse universo pela porta dos fundos. “Quando ele chegou a Londres vindo do campo, ele cuidava dos cavalos e das carroças dos ricos espectadores. Shakespeare era o flanelinha da época. Mas, ele era um gênio, e aprendeu muito rápido. Cinco anos depois ele já tinha a sua trupe”, conta.

“Shakespeare escreveu para os seus atores, e se uma coisa não funcionava, o ator adaptava, transformava. O trabalho, a busca constante da teatralidade era uma necessidade, porque nessa época havia muita concorrência. Assim, Shakespeare para cativar o seu público se transforma num contador de história da humanidade, um poeta, um cirurgião da alma humana, o inventor do clown”, conclui.

Maurice ingressou no Théâtre du Soleil no começo dos anos 80 para o ciclo shakespeariano e, em 1988, tendo como companheiro de aventura o grande Georges Bigot, passou três meses entre Fortaleza , o Cariri e Salvador, trabalhando com atores locais. No começo dos anos 90, deixa o Soleil para criar a própria companhia, “Les Voyageurs de la Nuit”, na qual escreve, dirige e atua. Em 2002, retorna ao grupo em busca de um reencontro com as fontes de seu trabalho.

Como parte da companhia Théâtre du Soleil participou dos seguintes espetáculos: Ricardo II, Noite de Reis e Henrique IV de Shakespeare; A historia terrível, mas inacabada de Norodom Sihanouk, rei do Cambodge, L´Indiade e Soudain des nuits d´éveil d´Helène Cixous: Les Atrides d´Euripide et Eschyle, e das últimas criações da companhia: Le Dernier Caravansérail, Les éphémères e atualmente integra o elenco do espetáculo Les Naufragés Du fol espoir , em turnê pelo Brasil e Chile. Dirigiu e escreveu Les voyageurs de La Nuit e o espetáculo Kalo que recebeu o premio Villa Medicis hors les murs (1993).

Realiza regularmente oficinas na França, no Brasil, na Argentina, Espanha, Afeganistão, entre outros. No cinema atuou nos seguintes filmes: Em um mot de Jacques Rouffio (1985), L´affiche rouge de Robert Guédiguian (2010), Le dernier Caravansérail (2005) e Les éphémères (2009) d´Ariane Mnouchkine.

A companhia

Foi fundada em 1964 por Ariane Mnouchkine e alguns colegas da Universidade de Sorbonne, como uma Sociedade Cooperativa Operária de Produção, ou seja, uma empresa baseada na associação voluntária de artistas e técnicos e gerida coletivamente. Em atividade ininterrupta há 43 anos, o Théâtre du Soleil é uma das últimas companhias ainda existentes na Europa a funcionar desse modo. O percurso da companhia é marcado por uma interrogação constante sobre o papel, o lugar do teatro e sua capacidade de representar a época atual.

Contato:

Chica Carelli – 9998-9133

Workshop Com Shakespeare

Orientador: Maurice Durozier (Théâtre Du Soleil – FRA)

Seg a sex | 9h às 13h

Faixa etária: a partir de 16 anos

Valor: R$ 180,00

Período: 6 a 10/02

Serviços

Bilheteria: Segunda a sexta das 15 às 18h quando tem espetáculo. Nos finais de semana 2h antes do espetáculo. A carteira de estudante deve ser apresentada no ato da compra.

Reserva de ingresso: 71 3083-4600

Acessibilidade: O Teatro Vila Velha conta com rampa de acesso e espaços reservados para pessoas com dificuldade de locomoção.

Estacionamento: O Passeio Público conta com um amplo espaço para estacionamento. Acesso pelo Largo dos Aflitos ou, em dias de espetáculo, pela Avenida Sete de Setembro.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]