Maurice Durozier ministrará workshop Com Shakespeare. Ator da companhia francesa Théâtre Du Soleil estará no Teatro Vila Velha em Salvador

maurice-durozier-ministrara-workshop-com-shakespeare-ator-da-companhia-francesa-theatre-du-soleil-estara-no-teatro-vila-velha-em-salvador

maurice-durozier-ministrara-workshop-com-shakespeare-ator-da-companhia-francesa-theatre-du-soleil-estara-no-teatro-vila-velha-em-salvador

As Oficinas Vila Verão, projeto realizado pelo Teatro Vila Velha desde 2007, recebe Maurice Durozier, um dos mais importantes atores do Théâtre Du Soleil (FRA), para ministrar o workshop intitulado “Com Shakespeare” de 6 a 10 de fevereiro de 2012. As aulas acontecerão de segunda a sexta, das 9h às 13h, e os interessados deverão se inscrever até o dia 03/02 no Vila.

Nessa oficina, Maurice trabalhará a interpretação e improvisação, baseadas na prática desenvolvida nas criações do Thèâtre Du Soleil, a partir de textos de Shakespeare, em especial “A Noite de Reis”, por considerar a sua obra uma escola para o ator. De acordo com Durozier, Shakespeare é, acima de tudo, a escola do ator porque nada o predestinava ao teatro. Ele entrou nesse universo pela porta dos fundos. “Quando ele chegou a Londres vindo do campo, ele cuidava dos cavalos e das carroças dos ricos espectadores. Shakespeare era o flanelinha da época. Mas, ele era um gênio, e aprendeu muito rápido. Cinco anos depois ele já tinha a sua trupe”, conta.

“Shakespeare escreveu para os seus atores, e se uma coisa não funcionava, o ator adaptava, transformava. O trabalho, a busca constante da teatralidade era uma necessidade, porque nessa época havia muita concorrência. Assim, Shakespeare para cativar o seu público se transforma num contador de história da humanidade, um poeta, um cirurgião da alma humana, o inventor do clown”, conclui.

Maurice ingressou no Théâtre du Soleil no começo dos anos 80 para o ciclo shakespeariano e, em 1988, tendo como companheiro de aventura o grande Georges Bigot, passou três meses entre Fortaleza , o Cariri e Salvador, trabalhando com atores locais. No começo dos anos 90, deixa o Soleil para criar a própria companhia, “Les Voyageurs de la Nuit”, na qual escreve, dirige e atua. Em 2002, retorna ao grupo em busca de um reencontro com as fontes de seu trabalho.

Como parte da companhia Théâtre du Soleil participou dos seguintes espetáculos: Ricardo II, Noite de Reis e Henrique IV de Shakespeare; A historia terrível, mas inacabada de Norodom Sihanouk, rei do Cambodge, L´Indiade e Soudain des nuits d´éveil d´Helène Cixous: Les Atrides d´Euripide et Eschyle, e das últimas criações da companhia: Le Dernier Caravansérail, Les éphémères e atualmente integra o elenco do espetáculo Les Naufragés Du fol espoir , em turnê pelo Brasil e Chile. Dirigiu e escreveu Les voyageurs de La Nuit e o espetáculo Kalo que recebeu o premio Villa Medicis hors les murs (1993).

Realiza regularmente oficinas na França, no Brasil, na Argentina, Espanha, Afeganistão, entre outros. No cinema atuou nos seguintes filmes: Em um mot de Jacques Rouffio (1985), L´affiche rouge de Robert Guédiguian (2010), Le dernier Caravansérail (2005) e Les éphémères (2009) d´Ariane Mnouchkine.

A companhia

Foi fundada em 1964 por Ariane Mnouchkine e alguns colegas da Universidade de Sorbonne, como uma Sociedade Cooperativa Operária de Produção, ou seja, uma empresa baseada na associação voluntária de artistas e técnicos e gerida coletivamente. Em atividade ininterrupta há 43 anos, o Théâtre du Soleil é uma das últimas companhias ainda existentes na Europa a funcionar desse modo. O percurso da companhia é marcado por uma interrogação constante sobre o papel, o lugar do teatro e sua capacidade de representar a época atual.

Contato:

Chica Carelli – 9998-9133

Workshop Com Shakespeare

Orientador: Maurice Durozier (Théâtre Du Soleil – FRA)

Seg a sex | 9h às 13h

Faixa etária: a partir de 16 anos

Valor: R$ 180,00

Período: 6 a 10/02

Serviços

Bilheteria: Segunda a sexta das 15 às 18h quando tem espetáculo. Nos finais de semana 2h antes do espetáculo. A carteira de estudante deve ser apresentada no ato da compra.

Reserva de ingresso: 71 3083-4600

Acessibilidade: O Teatro Vila Velha conta com rampa de acesso e espaços reservados para pessoas com dificuldade de locomoção.

Estacionamento: O Passeio Público conta com um amplo espaço para estacionamento. Acesso pelo Largo dos Aflitos ou, em dias de espetáculo, pela Avenida Sete de Setembro.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).