Falta segurança no interior baiano, afirma deputado Carlos Geilson

Com déficit no número de policiais, Santa Bárbara sofre a falta de segurança pública. O município com população de 19.064 habitantes (8.669 urbana e 10.395 rural), pelo Censo 2010, e extensão territorial de 346 km², dispõe, de acordo com um site de Feira de Santana, de efetivo da Polícia Civil formado por apenas dois agentes e uma delegada.

Santa Bárbara passa pela mesma realidade que atinge todo o interior da Bahia, e propicia a incidência de ações criminosas como os inúmeros assaltos a bancos ocorridos nos últimos meses. Além do efetivo, a segurança pública do estado enfrenta sérios problemas estruturais, como tem alertado com frequência o deputado estadual Carlos Geilson (PTN).

Em visita a outros municípios da microrregião de Feira de Santana, a exemplo de Tanquinho, Santanópolis, Irará, Água Fria e Lamarão, a equipe de assessoria do deputado verificou a precariedade nas instalações de delegacias, batalhões e viaturas e ouviu a população sobre a segurança local. O resultado das visitas será divulgado nos próximos dias.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]