Em Feira de Santana, Sprinter pega fogo após bater de frente com Corsa na BR 116

Várias pessoas ficaram feridas durante um choque frontal entre uma van tipo Sprinter e um Corsa em Feira de Santana. O acidente ocorreu as 16h00 desta quarta-feira (18/01/2012) e segundo testemunhas aconteceu após uma tentativa de ultrapassagem por parte do motorista do Corsa.

A Sprinter fazia transporte de passageiros docentro da cidade para o distrito de Matinha quando chocou-se de frente com o Corsa hatch de cor prata com placa JNM 9237 que seguia sentido Feira de Santana. Conforme relatos de testemunhas, no Corsa haviam mais três pessoas além do motorista. Três viaturas do SAMU estiveram no local, mas alguns motoristas que passavam acabaram adiantando o socorro.

Bastante ferido, o condutor do Corsa e um menor foram socorridos por um motorista identificado como Flaviano Pinheiro e levados aos Hospitais HGCA e da Criança com ferimentos graves. Segundo ainda o condutor, uma mulher que sangrava bastante e que tinha o rosto aparentemente desfigurado com o impacto do acidente e chegou a ser transportada na carroceria de uma caminhonete para um hospital.

“Assim que ocorreu a batida a Sprinter pegou fogo. Todo mundo que tava perto tirou extintor pra tentar apagar e puxamos o Corsa pra que não queimasse também”, disse Flaviano.

Para sair do veículo, passageiros da van usaram portas laterais e até a saída traseira. Segundo testemunhas foi grande desespero após uma explosão no motor da van.

“Eu me aproximava para tentar dar socorro quando de repente escutei uma explosão terrível”, disse um vigilante.

O trânsito foi controlado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e ficou interrompido no local por cerca de uma hora. Veículos utilizaram desvios próximos até a normalização do trânsito. As vítimas foram socorridas até o hospital Geral Clériston Andrade(HGCA) no final da tarde.

Polícia Civil de Feira prende acusados de assaltos a banco

Dois acusados de participação em assaltos a agências bancárias no interior da Bahia foram presos na madrugada desta quarta (18/01/2012) em Feira de Santana. Robson Batista da Silva, de 37 anos, e Josenaldo Batista dos Santos, 40, foram encontrados em um sítio no povoado da Mantiba, localizado no distrito da Matinha.

Segundo o Coordenador Regional da Polícia Civil de Feira de Santana, Ricardo Brito, a prisão dos acusados aconteceu com o apoio do Grupo Avançado de Repressão a Crimes contra Instituições Financeiras (Garcif) e da Polícia Federal de Vitória da Conquista. “Recebemos a informação de que aqui na cidade estavam duas pessoas ligadas a assaltos a banco e que eles estariam com armas e explosivos”, explicou Ricardo Brito.

Com os acusados foram encontrados dois veículos (uma caminhonete S-10 e uma pickup Pegeout), um fuzil 556 (de uso restrito), um revólver calibre 38, munições de diversas armas, três márcaras de pano (“brucutus”) e 50 unidades de dinamite (usadas para explodir caixas eletrônicos). De acordo com a polícia, o material estava enterrado no sítio onde os acusados foram presos.

O delegado Ricardo Brito informou ainda que já tem informações de que Robson e Josenaldo participaram de assaltos ocorridos nos municípios de Baixa Grande a Castro Alves, sendo o último na quarta-feira da semana passada, dia 11. A polícia ainda investiga o destino de outros envolvidos nos crimes.

PM apreende mais 500 trouxas de maconha no Parque Ipê

Aproximadamente 500 papelotes de maconha, 60 pedras de crack, além de armas como uma garrucha e um facão, foram encontrados em uma casa na rua Humberto Carneiro na tarde desta quarta-feira(18/01/2012), no conjunto Renascer no bairro Parque Ipê .

Os policiais militares apresentaram no plantão central do complexo Policial, Itamar Santos de Jesus, 27 anos, morador no conjunto Renascer, Jeferson da Silva, 20 anos, morador do Renascer, Humberto Carneiro de Lima, 26 anos, morador do bairro Cidade Nova, e apreendeu um adolescente de 15 anos.

A operação contou com o apoio dos Pelotões Tático Móvel 04 e 05, sob o comando do Soldado Queiroz e do Pelotão Asa Branca no comando do Sargento Anderson.O soldado Queiroz informou que a operação aconteceu após uma denúncia anônima de moradores, que informaram que as drogas pertenciam a Humberto e o ‘Nino do George Américo’ que fugiram ao perceberem a chegada das viaturas no local.

Os indivíduos foram apresentados no complexo policial onde foram autuados em flagrante pelo delegado Alexandre Narita, titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes ( DTE) de Feira de Santana.

Acusados da morte de flanelinha são presos pela polícia civil

Os policiais da 1ª Delegacia, sob o comando do delegado Matheus Souza, prenderam na tarde desta quarta-feira (18/01/2012), dois homens suspeitos de terem matado um flanelinha no estacionamento localizado entre a Estação Rodoviária de Feira e um supermercado, na tarde de terça-feira (17/01/2012).

Antônio Neto Tibúrcio, 23 anos, conhecido como “Netinho”, morador da Jussara e o segurança Almir Costa, 31 anos, residente na rua Jussara, no bairro Pedra do Descanso foram ouvidos na delegacia e confessaram o crime.

O serviço de vídeo monitoramento da Prefeitura auxiliou nas investigações da polícia civil para a prisão dos acusados. Durante o interrogatório os acusados revelaram que o alvo seria um homem identificado como “Ed”, mas como não foi encontrado acabou matando Nildo, que nada tinha haver com o assunto.

O motivo do crime seria o envolvimento da ex-mulher do segurança com “Ed”, apontado como traficante que não foi encontrado na hora do crime, conforme declarações de Almir a polícia. A dupla foi atuada em flagrante pelo delegado Matheus Souza e será encaminhada para o presídio de Feira de Santana.

O crime

O flanelinha Vereno Alves da Silva, também conhecido como Nildo, que residia no bairro Jardim Acácia morreu no final da tarde desta terça-feira (17/01/2012), após ser baleado com dois tiros, quando se encontrava no estacionamento que fica ao lado do Terminal Rodoviário, nas proximidades de um supermercado.O corpo de Nildo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), mas ainda permanece sem a identificação oficial a espera de familiares.

Polícia prende suspeitos de assaltos e apreende vários pés de maconha

Aproximadamente de 30 pés de maconha foram encontrados no quintal de uma residência no loteamento Agrovila, bairro Mangabeira, em Feira de Santana.

Ninguém foi encontrado na casa que estava abandonada, já que os responsáveis pela droga fugiram com a chegada dos policiais. A plantação foi descoberta por policiais civis da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), na manhã desta quarta-feira (18/01/2012).

Segundo o delegado André Ribeiro, a maconha foi encontrada quando os policiais realizavam uma diligência a fim de prender três homens acusados de assaltos contra um médico e um policial civil. O investigador estava no interior de um ônibus na BR 116 Norte e teve sua arma roubada no final de semana.Os agentes efetuaram a prisão do trio no George Américo e encaminharam todos para a unidade policial. Willian Jeferson Sousa, de 25 anos, Roberto Santos Oliveira, 25, e Luis Carlos Conceição Santos, 28, estão à disposição da justiça.

Segundo a polícia, um revólver calibre 38 foi encontrado com Luis Carlos. Durante a operação policial, também foram apreendidos vários objetos que seriam roubados como dois notebooks, um tablet, 4 aparelhos celulares, uma porção de maconha e material para misturar a droga .

Roberto, morador do Alto do Papagaio é suspeito de ter praticado duas tentativas de homicídio em Feira e Valença, segundo investigações da polícia civil de Feira de Santana.

Mulher morre sem atendimento no pátio do SAMU

Após uma intensa busca por atendimento médico nos hospitais de Feira de Santana, uma senhora de 52 anos de idade, acabou morrendo por falta de atendimento. Evanildes da Hora Cruz, que sofria de cardiopatia, passou por um mal súbito por volta das 11h desta terça-feira (17/01/2012) e após ser socorrida para hospitais da cidade, acabou morrendo no pátio da central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

De acordo com as informações do repórter Mário Sepúlveda, que acompanhou com exclusividade todo esse drama, familiares ligaram para o SAMU, mas foram informados que não havia ambulância disponível para a solicitação. Diante disso, familiares resolveram socorrer Evanildes em um carro particular, levando-a para postos de saúde e também para o Hospital Dom Pedro de Alcântara. Lá foram informados que não havia especialista para o caso da vítima.

Posteriormente, ela foi levada para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), mas ao passar pela frente da central do SAMU, familiares disseram que haviam duas unidades estacionadas e assim levaram a Evanildes para o pátio da SAMU no intuito de ser socorrida por médicos de plantão.

Segundo familiares, funcionários do SAMU disseram que não poderiam socorrê-la porque as unidades estavam quebradas. Minutos depois, a senhora Evanildes da Hora Cruz, não resistiu e faleceu. O óbito foi constatado por um médico de plantão.

*Com informações do Blog Central de Polícia

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]