Deputado federal ACM Neto provoca: incompetência motiva queda de Gabrielli

O líder do Democratas na Câmara Federal, deputado ACM Neto, disse hoje (24/01/2012) que o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, será demitido pela presidente Dilma Rousseff “por incompetência”. Ele lamentou que o governador Jaques Wagner (PT) tenha decidido dar como “prêmio de consolação” a Gabrielli uma secretaria de estado. “O que não serve para a presidente Dilma Rousseff serve para o governador Jaques Wagner. Isso é lastimável”, disse ACM Neto.

Neto lembrou que, apesar de ainda não ter sido oficializada, a notícia da demissão de Gabrielli já gerou frutos positivos para a estatal, com o aumento das ações da Petrobras. “O mercado já comemora a demissão de um cidadão que só usou a Petrobras para fazer política rasteira, para distribuir patrocínios a prefeitos do PT e partidos aliados no interior da Bahia e em outros estados do país, sem a adoção de critérios técnicos. Por isso, os acionistas da Petrobras estão soltando foguetes”, afirmou.

O deputado disse que Gabrielli trabalhou no comando da empresa para beneficiar apenas os aliados, sobretudo na Bahia, já que planeja ser candidato a governador em 2014. “O que a Bahia ganhou nesse período em que o senhor Sérgio Gabrielli presidiu a Petrobras? Nada. Os maiores investimentos da empresa estão indo para outros estados, a exemplo de Pernambuco”.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]