Bahia registra aumento no combate à violência sexual, deputada Graça Pimenta destaca a participação da sociedade

O número de denúncias que envolvem suspeitos de praticar violência sexual contra crianças e adolescentes está crescendo na Bahia. Em 2011, o Disque 100, número gratuito disponibilizado pelo Governo Federal para a realização das denúncias, recebeu 2.115 ligações e em 2005 foram 225, o que representa um aumento em torno de 800%.

Os dados foram apresentados pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) durante o lançamento da 7ª edição da ‘Campanha de Combate à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes’, realizado em Salvador na quinta-feira (26). Com o tema “Em casa ou no mundo virtual, a violência é real”, a campanha foi protagonizada pela cantora Ivete Sangalo e realizada através de peças fotográficas, vídeos e spot de rádio.

A deputada estadual Graça Pimenta (PR) destaca a participação social no combate ao crime em questão. “Neste ano a campanha inovou ao alertar para a prática da violência sexual contra crianças e adolescentes na internet. Os números divulgados pelo MP apontam que a sociedade já está alerta, porém devemos permanecer atentos e denunciar os suspeitos”, afirma.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).