Audiência pública inicia debate sobre o aeroporto de Feira de Santana

Nesta terça-feira (31), às 9h, será realizada outra audiência na CDL de Feira de Santana

Foi realizada, na manhã desta segunda-feira (30/01/2012), no auditório da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicação da Bahia (Agerba), a audiência pública para discutir as regras que vão nortear o processo de licitação para as obras no Aeroporto João Durval Carneiro, em Feira de Santana. Nesta terça-feira será realizada, na Câmara do dirigentes lojistas (CDL), em Feira, a segunda audiência sobre o mesmo tema.

Durante a ocasião os usuários e prestadores de serviços de transporte aeroviário de passageiros o Aeroporto João Durval foram ouvidos a fim de aprimorar o termo de referência sobre a licitação para que ele possa atender as demandas da população.

Segundo o deputado e líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Neto (PT) “A ampliação do aeroporto vai desenvolver a economia da região por meio da melhor articulação das cadeias logísticas do Estado, integrando diversos municípios do interior”.

O diretor executivo da Agerba, Eduardo Pessoa, afirmou que ainda hoje a minuta do Termo de Referência sobre a licitação pública estará disponíveis no site do órgão (no link Audiências Públicas) para que os interessados possam esclarecer as dúvidas minuciosamente. O diretor destacou ainda, que a ampliação do aeroporto atende a uma demanda crescente no país – a aeroviária – relembrando que o Estado está esforçando-se para promover um serviço de qualidade para a população.

O aeroporto João Durval deverá receber, ainda neste ano, investimentos na ordem de R$ 6 milhões para ampliação e construção de estrutura capaz de receber vôos comerciais regionais regulares. Está previsto, ainda, a realização de uma série de obras, concluídas dentro de seis meses, que permitirão ao aeroporto receber aviões com até 60 passageiros. Entre elas a implantação de Serviço contra Incêndio, nova sinalização da pista, ampliação do posto de abastecimento de aeronaves, entre outras obras.

Vale lembrar que, em 2011, o Governo do Estado investiu R$ 2 milhões na recuperação e reforma de áreas no aeroporto, atendendo a algumas das exigências da ANAC, o que permitiu que fossem realizados voos regulares de pequenos aviões no local.

Fizeram parte da mesa de discusão o diretor executivo da Agerba, Eduardo Pessoa, o diretor geral da Agerba, Rondon Brandão, Ouvidor, José Mário dos Santos, o chefe de gabinete da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), Marcos Cavalcanti – representando o vice-governador Otto Alencar e o superintendente de transporte da Seinfra, Ivan Barbosa.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]