Acidente com carro de transporte alternativo mata duas pessoas na BR-116, no trecho entre Teofilândia e Araci

Um grave acidente no início da noite desta sexta-feira, 13, por volta das 19h40m, no km 330 da BR-116, no trecho entre Teofilândia e Araci, próximo à localidade de Barreiros, deixou dois mortos e um gravemente ferido.

Um veículo Veraneio, placa AEF-2734, que faz o transporte alternativo de passageiros de Serrinha para Araci, saiu da pista e bateu em uma árvore matando na hora o motorista Antônio de Jesus Souza, 51 anos, mais conhecido como “zambeta”, e a passageira Cherla Mota de Jesus, 22 anos. O terceiro ocupante do veículo que até o momento não foi identificado ficou gravemente ferido e foi levado para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) em Feira de Santana.Um patrulheiro da Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse à reportagem do PCS que as circunstâncias do acidente são desconhecidas, porém motoristas que estavam no local, disseram que o condutor do Veraneio foi fechado por uma carreta que tentava fazer uma ultrapassagem.

As duas vítimas moravam na cidade de Serrinha. Os corpos foram removidos para o Departamento de Polícia Técnica – DPT – e não há previsão para o sepultamento.

Após ter casa invadida, cigano é morto com vários tiros

Cinco homens armados invadiram durante a madrugada de sábado (14/01/2012), uma residência no município de Araci e mataram um cigano com vários tiros.

A vítima foi identificada como Itanaelson Gama de Souza, 35 anos, que morava na rua da Coelba, no mesmo município onde ocorreu o crime .

Segundo a esposa da vítima, Cirila Lima, no momento do crime seu filho menor de idade dormia quando se assustou com os disparos efetuados pelos assassinos .

Dona Marli Souza, mãe do jovem assassinado, disse à reportagem que suspeita de um cigano ter sido o mandante do crime.“Eles acham que o meu filho teve participação no crime de um cigano que foi assassinado no ano passado em Feira de Santana. Meu filho não tem nada com isso,” declarou durante entrevista à rádio Subaé.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana para ser necropsiado. Vários parentes estiveram no DPT à espera da liberação do corpo durante toda manhã.

O crime pode ter relação com um homicídio cometido contra um cigano em Feira de Santana no ano de 2011, mas as autoridades policiais ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Relembre o fato em Feira de Santana

Jofre Souza dos Santos, 37 anos, conhecido com “Véio”, morador do bairro Parque Ipê, em Feira de Santana confessou na tarde de quarta-feira (3/8) na presença de seus advogados que matou o cigano Davi dos Santos Cabral.

No depoimento aos policiais da 1ª Delegacia, comandada pelo delegado Matheus Souza, o acusado disse que ficou durante dois dias escondido em um matagal no bairro do Novo Horizonte, em Feira de Santana, com medo da família da vítima.

Ele relatou que veio a Feira com a finalidade de vender um veiculo, quando teria encontrado o rival que teria esboçado como se estivesse armado.

“Ele estava armado, eu ví o cabo do revólver. Aí era eu ou ele, foi quando eu saquei a arma e efetuei o disparo”, contou o acusado durante o interrogatório aos policiais.

O crime

O crime ocorreu na manhã de segunda-feira (04/07/2011), quando a Polícia Civil de Feira realizou o levantamento cadavérico de Davi Santos Cabral, 28 anos, que morava na rua Ladeira das Virgens, no bairro Manoel Marquês, município de Santo Amaro da Purificação.

A vítima foi baleada nas imediações da feira de carros, conhecida como “Ilha do Rato”, localizado próximo a um posto de combustível, quando um homem sacou a pistola e efetuou dois tiros.

Segundo informações, os dois ciganos discutiram quando um deles sacou a arma e deflagrou dois tiros atingindo o abdômen do jovem. A vítima foi socorrida até a Policlínica do Tomba, mas não resistiu.

Segundo o pai da vítima, Derivado de Jesus, o filho foi morto por um homem conhecido como “Véio’’, após uma divergência no município de Santo Amaro da Purificação, por causa de uma bicicleta. Ainda de acordo com parentes, Davi prestou uma queixa na delegacia de polícia, após uma tentativa de homicídio, ocorrido em Santo Amaro, na semana anterior ao crime.

Eles denunciaram que o cigano acusado do crime, teria seguido e planejado a morte do jovem em Feira de Santana.

Sobrinho é acusado de matar tio em distrito de Feira

Na noite desta sexta-feira (13/01/2012), a polícia civil de Feira de Santana realizou o levantamento cadavérico de Adailton Pereira da Silva, que tinha 57 anos.

Segundo o delegado plantonista do Núcleo de Homicídios, Odair Carneiro, o acusado do crime foi o próprio sobrinho, que foi preso em flagrante. Márcio Pereira Silva, 27 anos, confessou que espancou e pisou na cabeça do tio, provocando sua morte.

O crime ocorreu na comunidade de Sete Portas, no distrito de Tiguarussu, no interior da residência da vítima. O assassinato ocorreu após os envolvidos terem ingerido bebida alcoólica, declarou a autoridade policial.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana para ser necropsiado.

Duas pessoas morrem vítimas de acidentes na região Serrinha

Morreu na noite desta sexta-feira (13/01/2012), no hospital Emec em Feira de Santana mais uma vítima de atropelo no município de Serrinha.

A vítima foi identificada como Luciene Araújo Santos, 57 anos, que morava no conjunto Urbis, no município onde ocorreu o acidente. Ela estava internada desde o dia (07/01/2012), na unidade de saúde, mas não resitiu aos ferimentos .

Santanópolis

Outra vítima de acidente foi Emilio Pinheiro, 48 anos, que morava no município de Santanópolis.

Segundo ocorrência policial, o atropelo ocorreu na BA 504, no Km 6, próximo da cidade onde Emílio morava. Não há mais detalhes sobre o acidente .

Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana para ser necropsiado.

Força tarefa agora é caso de polícia; coordenador interino da 3ª Ciretran diz que sargento tinha animosidade com as vítimas

O capitão da PM, Genésio Luide, que responde interinamente pela 3ª Ciretran de Feira de Santana relatou para a reportagem do blog Central de Polícia que a apuração da “força tarefa” que investigava irregularidades no órgão repassou o caso para a polícia, mas uma equipe permanece no município, para promover melhorias no sentido de oferecer um serviço de qualidade.

Segundo ele, documentos que apresentaram irregularidades foram encaminhados para a Polícia Civil, que concluirá o inquérito e o remeterá ao Ministério Público, após a identificação dos acusados das fraudes. “ Quanto às pessoas afastadas, não houve nenhuma prova concreta contra elas”, declarou Luide.

“ Não podemos afirmar isso. Infelizmente a pessoa (sargento Novais) faleceu e os motivos que o fizeram cometer tal ato (morte de dois colegas) vão ficar com ela”, revelou.O coordenador interino disse ter conhecimento que o sargento Novais vinha passando por problemas pessoais e isso pode ter levado ele a cometer as mortes, mas que não pode afirmar com certeza.

Questionado se haviam problemas pessoais do sargento com os dois colegas assassinados, Luide respondeu: “ o que se sabe é que havia uma animosidade entre eles, mas não ao ponto de chegar a causa dele ter cometido esse ato, mas acho que os problemas pessoais eram ligados à família; vale salientar que o pai do sargento havia cometido suicídio recentemente”.

O capitão enfatizou que todos os setores da 3ª Ciretran foram investigados, inclusive o de habilitação, mas não tem relação das mortes com a presença da força tarefa. Luide negou as informações que dois funcionários seriam ouvidos pela polícia durante as investigações.

Força tarefa

Sete servidores do Departamento de Trânsito de Feira de Santana (3ª Ciretran) estão sendo investigados por suspeita de fraude. Uma funcionária já foi exonerada. A força-tarefa foi criada para apurar várias denúncias, entre elas a regularização de carros roubados.

Supostos envolvidos nas fraudes foram remanejados para outras funções. Dez servidores indicados pela direção do Detran na Bahia colheram documentos, ouviram depoimentos e investigaram servidores denunciados por supostas vítimas das fraudes. Uma delas, a considerada mais grave, diz respeito à vistoria de veículos que não chegavam a passar pelo pátio da Ciretran.

Segundo o coordenador interino do órgão, Osvaldo Moura, foi dessa forma que vários carros roubados foram transferidos através da Ciretran. “Nós estamos com alguns processos, com chassi adulterado, com documentos falsificados”, afirmou Osvaldo.

A força-tarefa também investigou o atendimento a despachantes e pessoas não credenciadas nos guichês destinados aos particulares, o que é proibido. A investigação também descobriu que examinadores estavam facilitando a avaliação dos candidatos a motorista nos exames de rua.

Passagem de comando no 1º BPM

O 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM) está sob novo comando. O Major PM Geraldo dos Santos substitui o tenente coronel Martinho Antonio Nunes, que deixou o cargo nesta sexta-feira (13/01/2012). A cerimônia de passagem de comando foi realizada no auditório do 1º BPM com a presença de autoridades militares, políticas, civis e profissionais de comunicação.

O tenente coronel Martinho Nunes, exonerado no último dia 6 de janeiro pelo governador Jaques Wagner por motivo de aposentadoria, iniciou o ciclo de comando da corporação em junho de 2010. Durante cerimônia foi homenageado por sua seriedade, empenho e dedicação à carreira militar.

Ao passar o comando, o tenente coronel Martinho Nunes, destacou a importância de zelar pelo bem da população. “Saio da vida militar para a aposentadoria. Mas vou continuar servindo a sociedade feirense. A responsabilidade social de cidadão continua, nunca irei abandoná-la porque já praticava mesmo antes do comando atividades de preservação ambiental e de combate à violência”, declarou.

O major Geraldo dos Santos deixou a 66ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIA) na última quarta-feira (11/01/2012) para assumir a função de comandante do Batalhão. A solenidade foi prestigiada pelo secretário municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Flailton Frankles, representando o prefeito Tarcízio Pimenta.

Motorista e mãe de prefeito sofrem ameaças e agressões

O prefeito do município de Santa Barbara, a 34 km de Feira pela BR-116 Norte, Jailson Costa dos Santos (PT) em entrevista ao programa De Olho na Cidade revelou que o seu motorista sofreu ameaças de morte e a mãe foi agredida, na tarde de quinta-feira (1201/2012).

Santos creditou esses fatos ao período eleitoral que se aproxima e as pressões políticas na cidade. “Nem todo mundo sabe fazer política com a melhor das intenções, faz no sentido de criar problemas e gerar ameaças. Neste sentido sujeitos de mau caráter estão gerando pânico nas pessoas que trabalham conosco”, disse.

O prefeito contou que o motorista do Gabinete recebeu uma ligação não identificada onde foi ameaçado morte, na segunda-feira (09/01/2012). “A pessoa estava irritada, nervosa e dizia para ele se preparar que seria o próximo a morrer. Ele passou o caso para mim e discuti com a assessoria de que maneira deveríamos nos comportar”, relatou. Jailson dos Santos registrou queixa na policia. Mas para a surpresa do prefeito, o motorista voltou a receber ligações, dessa vez sem conteúdo nenhum.

Já na tarde desta quinta-feira (12/01/2012), por volta das 14 horas, o prefeito atendeu um chamado da mãe, onde a idosa de 79 anos, disse que foi agredida. “Ela não consegue reconhecer, disse que estava com o rosto coberto e portando uma faca. Ela é hipertensa, entrou em pânico e fui socorrê-la. Está no Hospital, sob cuidados. Não teve maiores problemas. Acredito que ela tenha recebido um tapa, pois não deixou marcas nem hematomas”, observou.

De acordo com o prefeito, os agressores não fizeram qualquer menção política, só pediram dinheiro. “Como ela mora na zona rural e cria cachorros, os cães fizeram com que os homens fugissem. Nossa preocupação é convencê-los da necessidade de saírem de onde estão morando. No caso de minha mãe acho que ela não quer voltar mais, só que meu pai resiste”, comentou Jailson dos Santos.

O alcaide também atribui o episódio ocorrido com a mãe a questões eleitorais. Para Santos, o clima de eleição está instalado na cidade. “Temos muitos interessados na prefeitura, que para alguns é a ‘galinha dos ovos de ouro’, eu não posso descartar a possibilidade”, afirmou. Santos espera que a mãe se restabeleça para que ela possa prestar depoimento.

Investigações: DPT de Feira está na mira do Ministério Público

Vem gerando expectativa e intranqüilidade para alguns setores do governo, a visita de membros do Ministério Público (MP) ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, ocorrida na semana passada.

Segundo informações, uma série de irregularidades foi encontrada pelo MP, e em razão disso, a cúpula do órgão se reuniu para discutir a situaççao.

O blog Central de Polícia, obteve a informação que vários funcionários do DPT foram questionados pelos promotores sobre os procedimentos adotados pelo órgão. Informações colhidas dão conta que não eram utilizados os equipamentos de segurança – EPIs – foi percebida carga excessiva aos funcionários da área de necropsia, falta de equipamentos, e iluminação precária à noite para o exercício de perícia.

O desvio de função dos serviços gerais para auxiliar de necropsia foi questionado pelas autoridades, fato que é inadmissível perante a Justiça do Trabalho. O nome da empresa que terceiriza os serviços do DPT é mantido em sigilo pela direção.

Para amenizar a situação, após denuncia na rádio Subaé, um funcionário foi visto usando máscara, que teria sido comprada por ele mesmo e colegas estavam usando guarda-pó.Fatos como interferência de auxiliares de necropsia na cena de crime, ao invés dos peritos criminais, não ficaram fora da pauta dos questionamentos.

Apesar do DPT dispor de dois rabecões, falta um motorista. Diante disso, funerárias transportavam os corpos até o necrotério. Vale salientar, que na maioria das vezes o fato ocorria por causa da espera de um único rabecão, que era deslocado para atender uma ocorrência em outro município de abrangência do DPT de Feira. O departamento é responsável pelo atendimento em mais de 40 municípios.

A falta de um raio X para verificar a existência de projeteis em corpos já é bastante conhecida pela imprensa e população, como também o acúmulo de corpos em uma geladeira que só cabem seis. Em razão disso, o excedente é encaminhado para o IML de Salvador, o que provoca transtorno para as famílias que procuram o DPT de Feira para fazer o reconhecimento e providencia o sepultamento. Também é cobrada a colocação de um aparelho exaustor, para atenuar os odores junto às pessoas que chegam para verificação de corpos.

Diante de vários questionamentos, a reportagem do blog Central de Polícia procurou a coordenação do órgão, mas não foi atendida, por três vezes. A informação passada para a reportagem é que o titular da coordenadoria, Renato Lacerda, entrou em seu período de férias e está sendo substituído por um médico de prenome Danilo, e este transmitiu que os diretores de Salvador podem responder pelo órgão.

Informações extra-oficiais dão conta que os promotores vão retornar em uma visita surpresa.

Descaso

Por volta das 20h desta quinta-feira (12/01/2012), um corpo foi encontrado próximo à entrada do conjunto Feira IX e levou horas para ser removido. Mesmo depois da presença da Polícia Civil, o corpo permaneceu no local até por volta das 10h desta sexta-feira (13/01/2012). A alegação passada à imprensa é o local é de difícil acesso, fato que provocou indignação dos parentes do morto.

Tentativa de homicídio no Parque Panorama

Cláudio Rosário Santos, 24 anos, morador travessa Dantas, no Parque Panorama foi vítima de tentativa de homicídio na noite desta quinta-feira (12/01/2012), em Feira de Santana.

Os tiros atingiram o tórax e o braço do jovem que foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) até o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

*Com informações do Blog Central de Polícia

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]