Na ALBA, Albino Rubim reafirma construção de Centro de Referência em Cultura em Feira de Santana

na-alba-albino-rubim-reafirma-construcao-de-centro-de-referencia-em-cultura-em-feira-de-santana

na-alba-albino-rubim-reafirma-construcao-de-centro-de-referencia-em-cultura-em-feira-de-santana

Além da implantação do Centro de Referência do Sertão, o Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira, vai receber R$ 6,6 milhões em investimentos. A cidade também vai sediar, em 2012, oEncontro Sobre Culturas do Sertão.

Durante audiência pública, na manhã desta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), onde foi discutida a Lei Orgânica da Cultura e a realização das Conferências Setoriais e Regionais da Cultura, o secretário Estadual da Cultura, Albino Rubim, voltou a afirmar a criação de um Centro de Referência do Sertão (Ceres) em Feira de Santana.

De acordo com o titular da Secult, na perspectiva de conectar as políticas públicas de cultura ao fluxo das culturas do sertão, o Ceres deve ser uma espécie de primeiro movimento institucional neste sentido. “O objetivo é trabalhar de modo colaborativo e articular as instituições já existentes voltadas às culturas sertanejas”, explicou.

“A vontade política cada dia nos mostra que não há enfrentamento da violência se nós não discutirmos, por exemplo, cultura. Não há retomada do processo econômico no interior do estado se não houver planejamento e investimento, por exemplo, em cultura”, afirmou o líder do Governo na Casa Legislativa Zé Neto (PT), segundo o qual temas ambientais e culturais têm um foco estratégico muito importante para o desenvolvimento social.

Zé Neto disse ainda que há determinação de sua parte, e da parte da Bancada da Maioria, em colaborar com a Secretaria na discussão e implementação de projetos destinados ao fortalecimento da cultura regional. “Posso afirmar que a Bancada da Maioria, nesta Casa, está aberta para o diálogo e para o debate em torno da cultura em nosso estado”,

Sobre o destino do Centro de Cultura Amélio Amorim, localizado em Feira de Santana, o líder do Governo lembrou que, na última sexta-feira (23), dirigentes da Superintendência de Construções Administrativas da Bahia (SUCAB) e da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER) realizaram inspeção técnica no local, onde o Governo do Estado investirá, R$ 6,6 milhões.

Com obras já iniciadas, até outubro deste ano, deve ficar pronta a reforma da sala principal do teatro e a recuperação do palco e das cadeiras. Posteriormente, o Complexo do Boi (que incluem a Boate Jerimum, o restaurante, um teatro de arena com capacidade para duas mil pessoas e a sala principal) será revitalizado.

“Vamos para cima porque só com vontade as coisas não andam. É necessário ação”, afirmou o parlamentar feirense.

Vale lembrar que, ao visitar o Centro de Cultura Amélio Amorim (CCAA), em Feira de Santana, no último sábado (3) – a convite do deputado Zé Neto, Albino Rubim, reafirmou que a intenção do Governo do Estado é marcar uma nova era para a visibilidade da cultura sertaneja da Bahia. Pensando nisso, o Governo Wagner, através da Secult, agendou para março de 2012, oEncontro Sobre Culturas do Sertão em Feira de Santana.

Os trabalhos, conduzidos pelos deputados Kelly Magalhães (PCdoB) – presidente da Comissão de Educação, Cultura, Ciências e Tecnologia e Serviço Público da ALBA – e Zé Raimundo (PT) – membro titular das Comissões de Educação, Cultura, Ciências e Tecnologia e Serviço Público e Reforma Política –, contou com a presença de parlamentares, a exemplo do deputado Bira Coroa (PT), e de representantes de movimentos sociais organizados, de órgãos públicos, a exemplo da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUCEB) [representada pelo assessor de Relações Institucionais, Kuka Matos], além do ex-vereador pelo PCdoB em Feira de Santana, Luis Gonzaga Messias, dentre outras autoridades.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br