Presidente Dilma Rousseff nomeia subchefes da Defensoria Pública da União após ameaça de paralisação

A nomeação dos dois subchefes da Defensoria Pública da União (DPU) foi publicada hoje (9) no Diário Oficial da União e eles já tomaram posse. Afonso do Prado assumiu a Subdefensoria Pública-Geral Federal, enquanto o cargo de corregedor-geral ficou com Fabiano Prestes. Os cargos estavam vagos desde março de 2010 e a demora para a nomeação gerou vários protestos contra o governo, incluindo uma ameaça de paralisação, inicialmente marcada para ontem (8).

Na última sexta-feira (5), acabou o mandato do defensor público-geral, José Rômulo Sales e, como não havia ninguém nos cargos imediatamente inferiores, a entidade passou três dias sem comando. Enquanto não sair a definição de quem será o novo chefe da DPU, assumirá interinamente o subdefensor Afonso do Prado.

Em junho, uma lista sêxtupla foi entregue pela categoria para orientar a presidenta Dilma Rousseff na escolha do novo defensor-geral. Além de sugerir a recondução de Sales, os defensores incluíram na lista os seguintes nomes: Haman Tabosa Moraes e Córdova, Marcos Antônio Paredes Barbosa, André da Silva Ordacgy, Luciano Borges dos Santos e Daniele de Souza Osório.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que o novo chefe da DPU deve ser conhecido nos próximos dias. Ontem, durante reunião com os representantes da categoria, o ministro alegou que a indicação não foi feita até agora devido à agenda da presidenta Dilma. Cardozo também se disse aberto a negociações em relação à autonomia e estruturação da carreira. Com essa sinalização, a Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais, que organizava a paralisação, anunciou a desistência do movimento.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]