Secretaria de Saúde da Bahia vai convocar mais de 2 mil novos servidores aprovados em concurso público em 2008

A Secretaria Estadual da Saúde (SESAB) vai convocar até o final deste ano mais de dois mil novos servidores, aprovados no concurso público realizado em 2008. Somente nesta segunda-feira (28/03/2011), no Centro de Convenções da Bahia, foram nomeados 535 médicos de 28 especialidades, como psiquiatria, cirurgia pediátrica, anestesia, otorrinolaringologia, oftalmologia, regulação e ortopedia.

Segundo o secretário Jorge Solla, as nomeações vão acontecer até que seja substituído todo o quadro de profissionais contratados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Ele explicou que todas as 852 vagas para 54 cargos de nível médio e superior, inicialmente previstas no concurso, foram preenchidas no ano passado.

O concurso abriu vagas para médicos, enfermeiros, assistentes sociais, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos veterinários, nutricionistas, odontólogos, psicólogos, sanitaristas, terapeutas ocupacionais, técnicos e reguladores de assistência em saúde.

Com a ampliação no número de vagas, já foram convocados mais 400 profissionais com curso técnico e 535 com nível superior. Esses últimos nomeados nesta segunda-feira. No total, já foram contratados 1.785 novos servidores da Saúde, que vão trabalhar em hospitais estaduais e em unidades da saúde da família (USFs) em Salvador e no interior.

“Já temos uma programação pronta e até o final do ano todos os contratos temporários que forem vencendo serão substituídos por concursados. Com isso estaremos ampliando o quadro de servidores efetivos”, ressaltou Solla.

De acordo com Antônio Dórea, do Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb/BA), a Constituição prevê que todo médico a serviço público deve ser concursado, “e a Bahia está cumprindo o determinado”.

Estabilidade

Para os representantes do governo estadual, o concurso é uma maneira de valorizar e qualificar os serviços públicos oferecidos à população, mas para quem participa é também conseguir a estabilidade profissional. A ginecologista Patrícia Nascimento Marques de Andrade, 37 anos, foi aprovada para médica reguladora e será responsável pela transferência de pacientes para os hospitais. Ela disse que este é o segundo concurso em que é aprovada – o primeiro foi em Santo Antônio de Jesus, onde atua como auditora de saúde. “A estabilidade é o que todo profissional deseja para sua carreira. Este é mais um sonho que estou concretizando, me efetivando no Estado. Em 2005, fiz residência médica em uma das unidades estaduais e gostei muito da dinâmica. É uma sensação de vitória ser aprovada e nomeada”, contou Patrícia.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]