Cristovam sugere a Dilma e Obama que discutam temas além das questões bilaterais

As diplomacias brasileira e norte-americana deveriam incluir na pauta do encontro dos presidentes Barack Obama e Dilma Rousseff, em Brasília, no sábado (19/03/2011) temas como a subordinação do crescimento à preservação do meio ambiente, a luta pela erradicação da pobreza, os direitos humanos como valor fundamental e a democratização da tecnologia. A sugestão foi feita pelo senador Cristovam Buarque (PDT-DF) ao afirmar, da tribuna do Plenário, que o encontro não deve se pautar apenas por temas bilaterais comerciais ou de outra natureza.

– Teremos pela primeira vez o encontro de dois líderes à altura do seu tempo. E esse é um tempo muito difícil para um líder ser estadista. Era fácil na guerra fria. Os presidentes dos Estados Unidos e de outras nações não falavam apenas para os seus países, mas para o mundo inteiro. Passada a guerra fria, os estadistas se apequenaram, voltaram-se para dentro dos seus países, viraram até caixeiros-viajantes, preocupados com o comércio e não com o planeta inteiro – afirmou Cristovam Buarque.

Na avaliação do senador, o planeta está precisando de novos líderes globais. Para ele, o encontro entre Dilma e Obama poderá se transformar em uma oportunidade para que esses dois presidentes assumam uma posição de liderança mundial, ao dirigirem seus discursos não apenas para as populações dos seus países, mas para todo o mundo.

Cristovam, que é vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado, propôs que no documento que deverá ser assinado pelos dois líderes sejam incluídos pontos além dos interesses comerciais bilaterais. E que esses novos temas possam ir além do comprometimento com o combate ao terrorismo e com a não disseminação das armas nucleares.

*Com informação da Agência Senado

 

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]