Coleta de lixo domiciliar e público vêm sendo feita regularmente. Leia esta e outras notícias da PMFS

Todos os roteiros estão sendo cumpridos

A coleta de lixo domiciliar e público de Feira de Santana vêm sendo feita regularmente desde a madrugada de domingo (27/03/2011), quando a empresa Viva Ambiental assumiu o serviço. Durante o dia a coleta é executada por 14 caminhões compactadores. No período da noite são 12.

O secretário municipal de Serviços Públicos, Luiz Araújo, observa que não houve nenhuma interrupção no serviço e que todos os roteiros estão sendo cumpridos. “A coleta vem sendo feita regularmente em todos os bairros de Feira de Santana. O mesmo roteiro foi mantido e o serviço está sendo executado sem nenhum prejuízo”, assegura.

A empresa Viva Ambiental vem atuando na limpeza pública em Feira de Santana desde a madrugada de domingo, com uma frota composta por 18 caminhões compactadores de lixo e uma caçamba. Todos os 600 funcionários que faziam o serviço foram mantidos.

A empresa que tem sede em Salvador e atua em várias capitais do nordeste foi contratada com base no decreto de nº 8.192, publicado na manhã de sábado (26), reconhecendo a situação emergencial após a rescisão do contrato com a Qualix, antiga prestadora do serviço.

A rescisão levou em consideração diversos fatores, entre eles a existência de um grande número de processos administrativos em decorrência de deficiência na execução dos serviços, além de sérias dificuldades financeiras e alteração do contrato social sem anuência da Municipalidade.

Criada FPI para Micareta 2011

Iniciativa visa garantir condições de segurança na festa

O Governo Municipal de Feira de Santana criou a Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) da Micareta 2011, que será realizada no período de 28 de abril a 1º de maio. A iniciativa visa garantir condições de segurança necessárias para o bom funcionamento dos equipamentos públicos e áreas de acesso livre para os foliões no circuito da Micareta.

A FPI foi criada através do decreto 8.197, de 1º de março deste ano, sendo presidida pelo secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Euclides Artur Andrade. E terá o relatório apresentado através do Departamento de Promoções e Eventos Especiais da secretaria.

Também compõem a fiscalização os representantes do Departamento de Promoções e Eventos Especiais da Secel, Naron da Silva Vasconcelos; da Procuradoria Geral do Município, Carlos Lucena; da Secretaria Municipal da Fazenda, Wagner Gonçalves; da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro; e da Secretaria de Saúde, Getúlio Barbosa.

Ainda fazem parte os representantes das secretarias Municipal de Desenvolvimento Urbano, Magno Felzemburg; de Administração, João Marinho Gomes Júnior; de Comunicação Social, Fabrício Almeida; de Serviços Públicos, Luiz Araújo; de Transportes e Trânsito, Flailton Frankles; Superintendência Municipal de Trânsito, Vanderval Menezes; de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos e também da Comissão Municipal de Defesa Civil (Comdec), Mizael Freitas; da Coordenadoria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon), Rafael Pinto Cordeiro; do Comando da Polícia Regional Leste, coronel Hélio Alves Gondim; e do 2º Grupamento de Bombeiro Militar, tenente-coronel Marcelo José Soares Alves.

Outros membros são os representantes da Polícia Rodoviária Federal, inspetor Sílvio Oliveira Dias; da Polícia Rodoviária Estadual, tenente Agnaldo Souza Parente; da Polícia Civil, delegado Fábio Daniel Lordelo Vasconcelos; do Departamento de Polícia Técnica (DPT), Rogério Serafim Vieira; da 3ª Ciretran, Eduardo Guimarães; da inspetoria regional do Crea, Carlos Alberto Firpo Mascarenhas; da Inspetoria Fazendária, Maria da Conceição Alves; da 1ª Promotoria de Justiça do Ministério Público do Estado, Ana Vitória Conceição Gouveia; da Vara da Infância e da Juventude, juiz Walter Ribeiro Costa Júnior; e da Delegacia Regional do Trabalho, José Batista Santana.

SMS investiga caso de infecção intestinal

Pacientes foram atendidas na Policlínica da Rua Nova

A Divisão de Vigilância Sanitária (Divisa), através da Divisão de Vigilância Epidemiológica (Divep), vai acompanhar as investigações sobre as causas da infecção intestinal, sofrida por cinco funcionárias da Construtora Rodobens, que trabalham no empreendimento da rua Artêmia Pires. Elas foram atendidas na Policlínica da Rua Nova, no final da manhã de quarta-feira (2).

De acordo com a enfermeira da unidade, Danniela Carvalho, as pacientes deram entrada na Policlínica apresentando sintomas como náuseas, vômito e diarréia. “Elas foram atendidas imediatamente pelo médico clínico e foi administrada medicação venosa, além de soro de reidratação oral”, relata.

Técnicos da Divisa estiveram no local para colher informações sobre o caso, mas as pacientes já haviam sido liberadas. As funcionárias da construtora informaram no momento do atendimento que o mal estar começou na madrugada e acreditam que foi provocado após o consumo de quentinhas, no almoço de terça-feira (1º). O fornecimento de quentinhas a Rodobens é feito pelo Restaurante Querência Grill.

Segundo a chefe da Divisa, Kérssia Carneiro, os técnicos já realizaram a inspeção do restaurante. “Assim que deixaram a Policlínica, a equipe técnica se deslocou de imediato ao Querência Grill. O estabelecimento foi notificado, teve o alvará cassado e não poderá mais fornecer quentinhas”, afirma, acrescentando que “a Construtora Rodobens foi informada sobre o ocorrido” .

Conforme a chefe da Divep, Janice Estrela, uma equipe de técnicos vai ao local do empreendimento para descobrir se outros trabalhadores também chegaram a passar mal. “Precisamos visitar a obra, conversar com demais funcionários e assim iniciar a investigação epidemiológica. Através desse procedimento, vamos detectar o microorganismo causador dos sintomas”, informa.

Assim que o secretário de Saúde, Getúlio Barbosa, foi informado sobre o problema, solicitou a Divisa que adotasse as medidas cabíveis e a Divep uma apuração precisa do caso.

Apresentação de Software educacional

Participação de professores que ainda não conhecem a ferramenta

A Empresa Ensino Mais Fácil, responsável pela instalação da lousa digital nas escolas de Feira de Santana, realizará na tarde desta quarta-feira (02) a apresentação do software educacional. O evento contará com a participação da comunidade acadêmica, professores e funcionários das unidades de ensino, que ainda não conhecem a ferramenta.

Implantada nas escolas municipais, em outubro de 2010, a lousa digital faz parte do Programa Cidade Digital. No quadro digital é possível acessar a Internet, assistir vídeos e aulas virtuais. A primeira escola a implantar a lousa eletrônica foi o Centro de Educação Monteiro Lobato, nos Capuchinhos.

As aulas se tornam mais dinâmicas, com pesquisas feitas através da Internet, levando o mundo para dentro da sala de aula. A apresentação será na sede da empresa, na rua São Domingos, 885, Edifício Empresarial São Domingos, sala 202, bairro Capuchinhos.

Cardápio diversificado no Restaurante Popular

Restaurante do Centro tem maior demanda na sexta-feira

As pessoas que almoçam no Restaurante Popular do Centro de Abastecimento vão encontrar um cardápio bem diversificado nesta quinta-feira (3) e na sexta-feira (4). Hoje, o prato principal é frango assado e frigideira de carne acompanhado por arroz, feijão, salada de tomate e alface, suco de manga e paçoca como sobremesa.

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Magno Felzemburg, a maior demanda do restaurante é nas sextas-feiras.

“Muitas pessoas das cidades circunvizinhas realizam suas compras no Centro de Abastecimento neste dia e aproveitam para almoçar. Mais de mil pessoas, em média, almoçam diariamente no restaurante”, conta.

Na sexta-feira (4) será oferecido no cardápio buchada e Steak de frango, acompanhado de arroz e feijão com sobremesa de gelatina de uva e suco de tamarindo.

O Restaurante Popular do Centro de Abastecimento não funcionará na segunda-feira (7), na terça (8) e quarta-feira (9). O serviço volta ser oferecido normalmente na quinta-feira (10).

O atendimento aos consumidores no restaurante é das 11 às 14 horas. O valor da refeição permanece a R$ 1,00.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]