Repórter brasileiro é preso na Rússia acusado de trabalhar sem credenciamento

O jornalista freelance brasileiro Solly Boussidan foi preso por autoridades russas na sexta-feira, (28/03/2011), na cidade de Sochi, acusado de fazer reportagens sem o credenciamento necessário, informou o Estado de S. Paulo, veículo do qual é colaborador.

Boussidan estava em trânsito na Rússia rumo à Armênia, com um visto de turista, diz o Estadão. Mas com o atentado de segunda-feira no aeroporto de Moscou, ele enviou um relato ao portal Terra sobre a cobertura da tragédia pelas TVs russas. Dois dias depois, foi preso em seu hotel e interrogado por 12 horas, diz o Estadão.

Segundo o jornal, um juiz determinou a prisão de Boussidan por dez dias e sua posterior deportação. Ele teria passado 36 horas sem comida na prisão e sofrido pressão para assinar documentos em russo, continua o Estado. O Itamaraty e a Alemanha, país do qual o repórter também tem cidadania, tentam interceder para que ele deixe a Rússia o quanto antes, diz a matéria.

*Com informação do Centro Knight

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]