Fórum amplia diálogo entre estado e secretários municipais da agricultura

Em reunião, nesta sexta-feira (17/12/2010), na sede da Fundação Luís Eduardo Magalhães, no Centro Administrativo, cerca de 300 secretários municipais da Agricultura, no estado, decidiram aceitar a proposta da secretaria estadual (Seagri) de criação do Fórum Estadual de Secretários de Agricultura da Bahia para debater os problemas do setor e as alternativas de solução.

O secretário Eduardo Salles explicou que assim será possível planejar o desenvolvimento dos municípios. O encontro contou com a participação de todos os superintendentes e diretores dos órgãos vinculados à Seagri e a expectativa é que a primeira reunião do fórum aconteça até o mês de maio de 2011.
De acordo com o secretário de Ibirataia, Dorgival Neto, “desburocratizar o acesso aos programas é a prova de que o que é bom pode sempre melhorar. Este evento abriu as portas para a democracia na agropecuária baiana”. O secretário de Maracás, Gilmar Rocha, disse que o “encontro foi de grande importância para a elaboração de um plano de assistência técnica e extensão rural, além de permitir aos secretários ter acesso a informações essenciais para o desenvolvimento rural sustentável e a elaboração e encaminhamento de projetos”.
O secretário de Jequié, Walter Filho, considerou a reunião “um marco para o crescimento da agricultura familiar no município”. Seu colega de Itagi, Railton Ramos, afirmou que “esse momento representa para a nossa região o estreitamento das relações entre a Seagri e os municípios, na perspectiva de fortalecimento da agricultura familiar e do agronegócio da Bahia”
Um marco histórico para a agropecuária do estado é como avalia o evento o secretário de Mucuri, Jair Gustavo, acreditando numa melhora ainda mais da aplicação das políticas públicas voltadas para agricultura. Para o secretário de Iaçu, Jordilton Couto, “o evento é a prova de que a agropecuária da Bahia vem sendo tratada com seriedade. Estamos vivendo a época em que cada secretário pode amadurecer seus conhecimentos com os programas criados em favor da agricultura familiar”.
Parceria 
Na opinião do presidente da Ebda, Emerson Leal, a iniciativa é fundamental para que haja uma mudança na agricultura familiar da Bahia, melhorando a condição de vida dos agricultores. Para o superintendente de Política do Agronegócio da Seagri, Jairo Vaz, o encontro cria oportunidades de se estabelecer políticas públicas agropecuárias regionalizadas voltadas para cada região do estado. “O que é bom para o semiárido pode não ser bom para o extremo sul. Por intermédio desse encontro, pode-se definir o que é melhor para cada município e região”.
O diretor-geral da Adab, Cássio Peixoto, avaliou que o encontro trará importantes ganhos para a agropecuária baiana à medida que promove o debate sobre as demandas de cada um dos municípios do Estado. Para o superintendente de Desenvolvimento Agropecuário da Seagri, Raimundo Sampaio, a agropecuária do estado precisa estar unida. “É dessa forma que poderão ser construídas políticas públicas voltadas para cada um dos 26 territórios de identidade, de forma a atender às necessidades regionais”.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]