Suecos que estavam no Comboio Humanitário denunciarão Israel por maus-tratos

Copenhague, 4 novembro de 2010 (EFE).- Os 11 passageiros suecos que fizeram parte do comboio humanitário, que foi interceptado em 31 de maio quando seguia para Gaza, denunciarão o Estado e a defesa israelenses por detenção ilegal e maus-tratos.

A denúncia será apresentada à Polícia israelense em Tel Aviv na próxima segunda-feira, informou nesta quinta-feira a emissora “Sveriges Radio”.

Os 11 faziam integravam a “Ship to Gaza”, a principal promotora desta iniciativa internacional.
Os soldados israelenses mataram nove integrantes da frotilha, todos de origem turca, em uma ação criticada por vários países.
Um relatório elaborado recentemente pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU classificou o ataque de “desproporcional” e com “violência desnecessária.

*Com informação de Deutsche Welle

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]