Sisal da Bahia é o primeiro do mundo a receber certificação ISO

Certificação abre mercado internacional e na indústria de automóveis para agricultores familiares.

A Apaeb-Associação de Desenvolvimento Sustentável e Solidário da Região Sisaleira, instalada na cidade de Valente, Região do Sisal na Bahia, recebeu na quarta-feira, 10 de novembro, do Ibametro-Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade a certificação ISO-International Organization for Standardization (ISO), uma norma internacional de gestão da qualidade. A certificação garante que a Apaeb está em conformidade com os requisitos contidos na Portaria do Inmetro nº196, de 21 de agosto de 2006, e garante a venda do sisal baiano para o mercado internacional e a indústria automobilística.

Gerlândio Araújo, gerente administrativo da Apaeb, afirma que a certificação é um troféu de grande valor que abre várias portas para o mercado nacional e internacional. A certificação garante que os trabalhadores usam equipamentos de proteção, sem risco de mutilação no uso da máquina, como acontecia anteriormente, que não existe trabalho infantil e não há prejuízo ao meio ambiente. A batedeira comunitária que também recebeu a certificação produz por mês 150 toneladas de fibras de sisal.

“Com a certificação garantimos a venda do nosso sisal no mercado internacional e para a indústria automotiva, que vai usar na fabricação de peças como painéis e paralamas, substituindo assim a fibra de vidro. O uso da fibra de sisal é biodegradável ao contrário da fibra de vidro”, explica Gerlândio, informando ainda que são beneficiados com a certificação centenas de agricultores familiares da cidade de Valente. “São 24 pessoas trabalhando na batedeira de sisal, 210 pessoas nas 42 máquinas desfibradores, que ficam no campo fazendo a colheita e transformando a palha do sisal em fibra, 215 na fabricação de tapetes e carpetes, além de centenas de artesãos da região que compram o sisal na Apaeb, agora com certificação, e que produzem diversas peças de artesanato”, conta o gerente da Apaeb.

José Raimundo Carneiro Santos, analista do Sebrae Bahia no Projeto Território da Cidadania, região do Sisal, explica que o processo de certificação foi realizado pelo Sebrae em parceria com a Secti. “E a primeira Associação no mundo a ser certificada pela ISO, fruto de um trabalho intenso, desafiador, de persistência e comprometimento. Além de beneficiar os agricultores da Apaeb, em Valente, o trabalho abre a porta para a certificação do sisal para outros produtores de sisal da região, nos municípios vizinhos de São Domingos, Conceição do Coité e Retirolândia”, comemora o analista do Sebrae.

Robson Andrade, coordenador do projeto Arranjo Produtivo Local-APL do Sisal da Secti-Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo da Bahia, explica que o processo de certificação durou nove meses. Neste período os consultores designados pelo Sebrae Bahia, indicaram todas as adequações que deveriam ser feitas e auxiliaram na implementação dessas adequações, dentre elas procedimentos operacionais, de gestão e estruturais. Em seguida a batedeira comunitária da Apaeb foi submetida a auditoria pelo Ibametro e Inmetro, atendendo as determinações do Ministério da Agricultura, que regulamenta o processo da fibra de sisal.

“Esta ação foi uma parceria entre o Sebrae, que disponibilizou os consultores, a Secti, que acompanhou o processo e fez a articulação entre os parceiros diretos e indiretos e a Apaeb, beneficiada. O objetivo foi levar a inovação tecnológica para o arranjo produtivo do sisal, e com isso aumentar a competitividade da fibra no mercado internacional, principalmente na Europa, além de buscar o uso da fibra na indústria automotiva, na fabricação de mesas e cadeiras e na indústria de eletrodomésticos como batedeiras, liquidificadores e ventiladores, que ainda usam a fibra de vidro”, explica Robson Andrade.

 *Com informação da Agência SEBRAE

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]