+ Manchetes >

Seminário mostra experiências exitosas em unidades prisionais

O resultado de oito projetos de saúde, implementados nas unidades prisionais do Estado, foram apresentados nesta quarta-feira (17/11/2010), no auditório do Hotel Vila Mar, em Amaralina, durante o III Seminário “Experiências Exitosas no Sistema Penitenciário da Bahia”. O evento é uma promoção da Coordenação de Gestão Integrada da Ação Penal (Cogiap), da Superintendência de Assuntos Penais (SAP), órgão vinculado à Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH).

A odontóloga do Presídio Salvador, Marilene Farone Araújo, apresentou os resultados obtidos na unidade, com a implementação do trabalho “Atendimento Odontológico”. A experiência, que promove ações de prevenção, curativas e educativas, para 847 internos, já realizou 2.418 consultas, 72 atividades educativas, 415 aplicações de flúor, 523 restaurações de amalgama, 862 restaurações de resinas, dentre outros.

A coordenadora do Núcleo de Assistência ao Servidor, da SJCDH, Maria Áurea Mascarenhas, exibiu o trabalho desenvolvido para os servidores estaduais, por meio do projeto “Cuidar do Cuidador”. Segundo ela, desde 2009, quando começaram as atividades do projeto, 255 agentes penitenciários foram beneficiados com capacitações, além de atividades culturais e de integração.

Na oportunidade, a coordenadora de Gestão Integrada da Ação Penal, Conceição Sodré, lembrou dos avanços realizados na área de saúde do sistema penitenciário, constituído ao longo da gestão do governador Jaques Wagner. Conforme a coordenadora, de janeiro de 2007 a outubro deste ano, várias foram as conquistas, a exemplo da captação de recursos financeiros próprios, parcerias com a Secretaria de Saúde do Estado para desenvolvimento de atividades e contratação de profissionais, inauguração do Posto de Identificação Pedro Mello, implantação do Programa de Assistência Individualizada (PAI).

Continuidade

Idealizadora do seminário e superintendente de Apoio e Defesa aos Direitos Humanos, da SJCDH, Denise Tourinho, lembrou do primeiro seminário realizado pela COGIAP e destacou as melhorias do segundo e terceiro encontros, realizados em 2009 e 2010, respectivamente, e das unidades de saúde do sistema penitenciário. Denise Tourinho explicou que para ela é muito importante verificar a continuidade desse projeto e a perspectiva de continuidade do mesmo.

Segundo o superintendente de Assuntos Penais, Isidoro Orge, eventos como estes promovem a troca de experiências profissionais e são importantes para a valorização do trabalho dos servidores estaduais. “As experiências nos ensinam a cada dia, nos mostram o que é certo e o que é errado, o que pode ser feito e o que ainda precisa ser realizado”.

Durante o evento foram apresentadas as ações de promoção, prevenção e assistência do Conjunto Penal de Serrinha, e a adequação da estrutura física e atividades de humanização no Conjunto Penal de Feira de Santana. Também foram debatidos o processo de desinstitucionalização de 18 pacientes de longa permanência e sem vínculos sociais do Hospital de Custódia e Tratamento (HCT); implantação do Programa de Assistência Individualizada (PAI) no Conjunto Penal de Jequié e as ações de prevenção e controle do HIV no Conjunto Penal de Juazeiro.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]