+ Manchetes >

Secretário do PT descarta possiblidade de o partido integrar bloco

O secretário-geral do PT e um dos coordenadores da equipe de transição de governo, José Eduardo Cardozo, disse que não o PT não vai integrar o bloco parlamentar sob a liderança do PMDB.

“É uma questão que envolve a Câmara e o governo em curso. Não tem porque nos manifestarmos nesse momento. Sabemos que as lideranças estão conversando e a situação me parece que estará normalizada. Eu não vejo muito sentido no PT participar desse bloco. Não vejo razão para isso”, disse Cardozo.

O assunto foi discutido hoje, no café da manhã entre a presidenta eleita Dilma Rousseff (PT) e o vice-presidente eleito, Michel Temer (PMDB). Temer teria dito a Dilma que a formação do bloco serviria para articular apoio aos projetos de interesse do governo na Câmara e que ele havia pensado em convidar o PT para integrar o acordo.

Essa ideia acabou sendo descarta após uma reunião de Temer com o líder do PT na Câmara, Cândido Vaccarezza (SP) e com o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN).

Sobre a transição, Cardozo disse que na reunião da manhã, da qual também participou Antonio Palocci, Dilma foi informada sobre as atividades da equipe de transição. “Foi um rápido encontro para passar informações sobre os contatos da equipe de transição. Vários ministérios já foram contatados, alguns nós ainda vamos fazer, planejar a análise dos projetos que estão em curso”, disse o coordenador. Entre as pastas já contatadas, Cardozo citou o Ministério da Educação, do Turismo e da Defesa.

“É uma transição tranquila porque é uma transição entre governos de continuidade. Não existe nada traumático, nada problemático”.

*Com informação da Agência Brasil

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]