Regata do Mutá parte do Yacht Club de Porto Seguro, neste sábado, 27 de novembro

Regata do Mutá parte do Yacht Club de Porto Seguro.

Regata do Mutá parte do Yacht Club de Porto Seguro.

Barcos a vela de todas as categorias vão colorir o mar numa costa “agraciada por Deus”, como a definiu o Comodoro do Yacht Club de Porto Seguro, Ciro de Albuquerque Leite. A Regata do Mutá será realizada no dia 27 de novembro de 2010, das 10 às 17 horas, com saída no Yacht Club/Nativa de Porto Seguro na Ponta Grande. O evento esportivo é parte integrante da programação do lançamento do Mutá como “Destino Mutá – Distinto por Natureza”, pela Bahiatursa, com a presença de autoridades e jornalistas. Uma conformação geográfica favorável, e pontos de apoio de qualidade, fazem do Mutá o local ideal para esportes náuticos praticados a qualquer idade.

Uma enseada protegida, sem ondas fortes, mas com o vento suficiente para praticar esportes náuticos em toda segurança. Esta é a baía do Mutá, onde funcionam, além do Yacht Club/Nativa Clube de Praia, a Escola de Vela Oceano (http://escolaoceano.vilabol.uol.com.br/ ), da velejadora oceânica Maria Heloisa Sampaio, com sede ao lado da cabana Recanto do Sossego e a Flotilha do Mutá ( coordenada pelo veterano dos esportes náuticos e especialista da categoria laser Marcos Oliveira, na Cabana do Goiano. “Convidamos todo mundo a participar, a Flotilha, a escola, o pessoal do Kite de Ajuda”, explicou Ciro Leite, “por isso escolhemos a classe aberta”.

Podem participar, então, Hobie Cat, Laser, Optimist. As boias que demarcarão o triangulo do percurso da regata serão assim localizadas: uma em frente ao Yacht Club/Nativa Clube de Praia, uma em direção do Barramares e uma aproximadamente num ponto a uma milha mar adentro. “Outros detalhes só poderão ser definidos analisando o vento do dia, para permitir uma duração de aproximadamente uma hora”, acrescentou Ciro Leite, “para nós é uma demonstração que nossa costa foi bem agraciada por Deus, com a ausência de ondas fortes, o que torna a enseada reservada do Mutá o melhor local para crianças e adultos velejar à vontade”. “Nossa intenção é transformar a regata num evento anual fixo, sendo que a data do 27 de novembro poderá ser considerada o Dia do Mutá”, acrescentou Jean Pierre Salerno, coordenador técnico do Yacht Club.

A vocação náutica do Mutá não é somente pela conformação geográfica favorável do litoral. Mutá mas conta com vários pontos de apoio, onde almoçar (por sinal a gastronomia do Mutá é destaque em todos os guias de turismo) e deixar os familiares à vontade curtindo a praia, fazer cursos e, principalmente, contar com especialistas. O Yacht Club organiza reuniões regulares, e sugestivas festas mensais (toda noite de lua cheia!). Na escola Oceano é possível frequentar cursos e fazer os exames necessários para tirar a Carteira de Habilitação. A Flotilha conta com um coordenador com uma experiência de três décadas “nosso compromisso é exclusivo com a prática de vela, difundir e ampliar essa prática em nossa região será fundamental para o futuro do turismo na Costa do Descobrimento”, enfatizou, em seu interessante blog, Marcos Oliveira.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]