Lúcio Vieira: O PMDB não está empenhado em conseguir cargos, e sim ajudar Dilma

Mesmo com o nome de Geddel Vieira Lima  ventilado como um dos possíveis indicados do PMDB para fazer parte da equipe de governo da presidente eleita Dilma Rousseff (PT), a direção do partido na Bahia nega a informação. Segundo garante Lúcio Vieira Lima, deputado federal eleito e chefe estadual da sigla,  garante que  nada tem sido requerido ao vice-presidente recém escolhido, Michel Temer, que comanda a legenda nacionalmente e é amigo pessoal do ex-titular da Integração Nacional.
 “Não existe isso. A indicação de cargos para Geddel não faz parte das tratativas. O PMDB não está empenhado em conseguir cargos, e sim ajudar Dilma”. A justificativa ocorre  devido às  especulações existentes sobre a formação do próximo ministério, na qual a indicação de Geddel seria natural por ser ele a principal liderança do PMDB no estado e também pela necessidade de estar  em evidência, uma vez que perdeu o mandato parlamentar, após a derrota na disputa pelo Palácio de Ondina.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]