Governo Israelense aprova retirada de tropas de aldeia em território Libanês

Jerusalém, 17 novembro de 2010 (EFE).- O Governo de Israel aprovou nesta quarta-feira, em reunião dos ministros para assuntos de segurança, a retirada das tropas mobilizadas na parte libanesa da pequena aldeia fronteiriça de Ghajar, em cumprimento à resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Segundo a imprensa local, os ministros aceitaram em princípio uma proposta das Nações Unidas para recuar as forças israelenses à parte sul da aldeia, para baixo da Linha Azul – divisa estabelecida pela ONU em 2000, quando Israel se retirou do sul do Líbano.

Israel não tinha se retirado da parte norte a pedido dos habitantes locais, que se consideram sírios e não libaneses, e muitos dos quais possuem nacionalidade israelense.

Ghajar, no setor oriental da fronteira israelense-libanesa, localiza-se nas Colinas de Golã, ocupadas por Israel desde 1967.

“Exigimos que a aldeia seja unificada e que seu futuro seja debatido em um acordo permanente de paz com os sírios para a devolução de todas as Colinas”, disse Najib Khatib, porta-voz do município, à edição eletrônica do diário “Yedioth Ahronoth”.

O Governo israelense ordena ao Ministério de Exteriores que prepare a documentação necessária à ONU para colocá-la em prática o mais rápido possível.

Segundo a proposta, o norte da aldeia não passará às mãos do Exército libanês, mas ficará sob o controle da Força Interina das Nações Unidas para o Líbano (Finul, na sigla em inglês).

*Com informação de Deutsche Welle

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]