+ Manchetes >

Controladores eletrônicos serão instalados no centro de Feira. Leia esta e outras notícias da PMFS

Gabinete da SMTT no Feiraguai.

Gabinete da SMTT no Feiraguai.

Equipamentos passam a funcionar a partir de 16 de novembro 2010

A Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), está ampliando o controle de avanços de sinal vermelho nos semáforos, bem como o controle dos limites de velocidade através de radares e fotossensores.

Os medidores de velocidade estão sendo instalados nas seguintes localizações: avenida Maria Quitéria sentido centro/bairro e sentido bairro/centro e avenida Getulio Vargas em ambos os sentidos, e vão funcionar 24 horas. Já na rua João Evangelista, sentido centro/bairro, estão sendo instalados registrador eletrônico de avanço do sinal vermelho do semáforo, em funcionamento das 6 às 21 horas e medidor de velocidade por 24 horas.

Os equipamentos começarão a funcionar com o papel fiscalizador a partir de 16 de novembro, em locais onde a travessia dos pedestres torna-se bastante difícil. Segundo o secretário municipal de Transportes e Trânsito, Flaiton Frankles, os controladores estão sendo instalados em razão da quantidade significativa de acidentes diagnosticados na avenida Getúlio Vargas.

“Houve um aumento de 24,37% no número de acidentes nesta via e, na avenida Maria Quitéria, de 24,18% nos últimos seis meses, comparados com o mesmo período do ano passado, além da rua João Evangelista”, informa.

Por se considerar a necessidade diagnosticada pela SMTT, e com base no Código de Trânsito Brasileiro, a Secretaria elaborou estudos técnicos no sentido de estabelecer a ampliação do controle de trânsito e das sinalizações vertical e horizontal necessárias. Tudo isso, em prol da segurança para os pedestres e condutores de veículos.

“Esta é uma ação de governo que visa melhorar cada vez mais o trânsito da cidade. Outras vias também receberão nova sinalização vertical e horizontal, a exemplo de faixa de pedestres”, disse o secretário.

Escolas ganham reforço na segurança

223 vigilantes contratados por meio de licitação pública

As escolas da rede municipal de ensino ganham reforço na segurança ainda este ano, com a contratação de empresa especializada em segurança. O contrato já foi assinado pela Prefeitura de Feira de Santana com a empresa A. V. I. Consultoria e Serviços de Segurança Ltda., vencedora de licitação pública promovida pelo Município, e visa a oferta de 223 vigilantes.

O presidente da Comissão de Licitações, João Urias Barros, observa que a demora para os vigilantes passarem a atuar nas unidades escolares se deve aos trâmites legais de operacionalização.

“Demandou mais tempo em virtudade de a necessidade de registrar o contrato entre a Prefeitura e a empresa de segurança na Polícia Federal, ”, frisou.

A previsão é de que os vigilantes assumam os postos de trabalho nos próximos dias. Dentre os 223 vigilantes contratados pela Prefeitura, 160 vão atuar no período diurno enquanto os outros 63 vigilantes vão trabalhar em escolas da rede municipal de ensino no período noturno.

A licitação contou com a participação de 10 empresas especializadas no fornecimento de mão-de-obra para vigilância.

Obras da Embasa prejudicam população

Moradores do bairro Muchila reclamam da situação de ruas

Diversas ruas do bairro Muchila II estão esburacadas, sem paralelepípedos e até mesmo com resto de construção no meio da via por conta de obras de esgotamento realizadas pela Embasa. A ação vem causando transtornos para os moradores e motoristas que precisam trafegar pelo local.

Na principal via do bairro, a rua Macário Cerqueira, há vários trechos em que o asfalto foi retirado. Já na avenida dos Pássaros, há um buraco ainda maior que exige bastante atenção dos condutores.

Segundo o representante comercial e morador da rua Paulo Piropo, o local ficou interditado por 60 dias e já foi recuperado pela Embasa três vezes. “Eles fazem uma bagunça. Já tivemos até no Ministério Público para reclamar, mas o problema continua”, reclama.

Morador da rua Curiano, o administrador João Carlos Falcão, também diz que a Embasa estragou a via e não retornou para fazer os reparos necessários. “Na época da chuva é horrível porque está tudo acabado. Isso acontece há mais de dois anos e não temos um retorno”, comenta.

A situação de outras ruas do bairro também é crítica, pois há sobra de construção e areia no meio da via e paralelepípedos espalhados na calçada. O quadro não é diferente na rua Lecre, onde a empresa deixou buracos.

Gabinete da SMTT no Feiraguai

Objetivo é trazer fluidez para o trânsito no local

A Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e a Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) ficarão instaladas durante o mês de novembro na área do Feiraguai para melhor orientar os motoristas que trafegam pelo local.

Segundo o superintendente municipal de Trânsito, Vanderval Menezes, o principal objetivo da iniciativa é trazer uma condição de fluidez para o Feiraguai. “Queremos que as pessoas venham resolver suas necessidades e tenham um trânsito tranqüilo”, pontua.

Tanto o secretário de Transportes e Trânsito, Flailton Frankles, quanto o superintendente de Trânsito vão estar na área do entreposto comercial sempre que for necessário.

Duas escolas em reforma na Matinha

Uma na localidade de Jacu e outra em Candeia Grossa

Duas escolas da rede municipal de ensino, localizadas no distrito de Matinha, recebem simultaneamente melhorias nas estruturas, através das intervenções realizadas pela Prefeitura de Feira de Santana. Estão sendo beneficiadas a Escola Municipal Santa Isabel, situada na localidade de Jacu, e a Escola Municipal Florencio Alves Bispo, que fica na localidade de Candeia Grossa.

Em ambas as instituições, os serviços encontram-se adiantados. A Escola Santa Isabel ganhou nova pintura, reparos no telhado, nas redes hidráulica e elétrica. Para dar mais segurança aos alunos e professores, está sendo construído o muro, que envolverá toda a área da escola, além do passeio. A unidade atende cerca de 30 crianças e oferece ensino da 1ª a 4ª série, pela manhã e pela tarde.

De acordo com a professora Gilcicleide dos Anjos Carvalho, a comunidade está contente com a reforma da escola. “Os pais dos alunos estão felizes, pois já vêem os resultados dos serviços, mesmo sem estarem concluídos. Todos estão comemorando”, ressalta. Segundo ela, outro desejo dos pais foi realizado, que são as aulas de reforço escolar, no turno oposto ao qual os alunos estudam. “Eles solicitaram o reforço porque não tinham como ensinar as atividades aos filhos, pois muitos não foram alfabetizados”, revela.

Melhorias semelhantes contemplam também a Escola Florêncio Alves Bispo, que atende cerca de 50 alunos e oferece Educação Infantil e ensino da 1ª a 4ª série. Nesta unidade, as intervenções resultam na pintura interna e externa, pintura do telhado, reparos nas redes hidráulica e elétrica, além de substituição de portas e mobiliário.

A conclusão da reforma nas duas escolas está prevista para acontecer nas próximas semanas. A execução dos serviços não impede que os alunos tenham aula, porque eles são deslocados para salas onde os serviços não foram iniciados ou para salas onde já foram concluídos.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]