Secretaria vacina e imuniza 36.022 contra a meningite em Feira. Leia esta e outras notícias da PMFS

Mais de 3.400 crianças que cursam a educação infantil na rede municipal de ensino de Feira de Santana serão beneficiadas com o programa Paralapracá. Os 26 kits, com livros de literatura infantil, CDs de músicas de cantiga de roda, fantoches, dedoches e materiais para formação do coordenador já chegaram a Secretaria Municipal de Educação e estão sendo entregues às escolas.

Mais de 3.400 crianças que cursam a educação infantil na rede municipal de ensino de Feira de Santana serão beneficiadas com o programa Paralapracá. Os 26 kits, com livros de literatura infantil, CDs de músicas de cantiga de roda, fantoches, dedoches e materiais para formação do coordenador já chegaram a Secretaria Municipal de Educação e estão sendo entregues às escolas.

Quantidade de vacina reduzida pela Sesab

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Divisão de Vigilância Epidemiológica (Viep), já imunizou 36.022 crianças, com idade de dois meses a quatro anos, contra a meningite tipo C. A meta é vacinar 47.083 crianças no Município.

Conforme a coordenadora da (Viep), Janice Estrela, a quantidade de vacinas distribuídas nas unidades de saúde pública ainda está reduzida. “Nos últimos meses a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) modificou a quantidade vacinas enviadas a Feira de Santana por conta do surto que houve em Salvador. E a redução ainda está ocorrendo”, destaca.

A coordenadora informa também que “o risco de um surto de meningite em nossa cidade está descartado”. A chegada dos períodos de clima quente contribui para que as pessoas não fiquem aglomeradas e nem desenvolvam tantos problemas respiratórios, reduzindo o risco de transmissão da doença.

Em geral, a meningite é transmitida por meio das vias respiratórias. A doença pode ser causada por agentes como bactérias, vírus e fungos que provocam a inflamação das meninges (membranas que revestem o cérebro).

Alguns sintomas da doença são febre alta, dor de cabeça súbita, vômitos e rigidez da nuca. As vacinas podem ser encontradas nos 83 postos de Unidade de Saúde da Família (USF) e 16 de Unidade Básica de Saúde (UBS).

Obras avançam no distrito da Matinha

Pavimentação asfáltica e iluminação pública

As obras de urbanização com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) avançam na estrada de acesso ao distrito de Martinha, levando progresso a uma comunidade isolada pelas dificuldades de acesso. À medida que o serviço prossegue, a partir da sede da comunidade, as transformações vão mudando os aspectos da localidade.

O serviço de pavimentação asfáltica já ultrapassa um terço das obras. À medida que a estrada vai sendo pavimentada, o Governo Municipal também está instalando iluminação pública nos postes, proporcionando melhor visibilidade para motoristas e transeuntes à noite.

As intervenções também incluem a instalação de meios fios, delimitando a estrada e criando corredores laterais para a passagem de pedestres. No trecho sem pavimentação, a base já está sendo preparada para receber a camada asfáltica.

O desempenho das obras, entretanto, esbarra na resistência de alguns donos de propriedades à beira da pista em negociar a desapropriação da área com o Governo Municipal para viabilizar a chegada do progresso. “É egoísmo dos donos destes imóveis porque as propriedades deles também serão valorizadas ainda mais com a estrada asfaltada, recuando a cerca apenas um pouquinho”, afirma o trabalhador rural Evilásio Soares do Nascimento.

Educação recebe Kits do Paralapracá

Mais de 3.400 crianças da rede municipal beneficiadas

Mais de 3.400 crianças que cursam a educação infantil na rede municipal de ensino de Feira de Santana serão beneficiadas com o programa Paralapracá. Os 26 kits, com livros de literatura infantil, CDs de músicas de cantiga de roda, fantoches, dedoches e materiais para formação do coordenador já chegaram a Secretaria Municipal de Educação e estão sendo entregues às escolas.

O projeto, resultante de parceria entre a Prefeitura de Feira de Santana e o Instituto C&A, foi lançado no município no dia 20 de setembro e será relançado nas escolas individualmente. Nesta sexta-feira (22/10/2010) o material será apresentado aos professores do Centro de Educação Infantil Professor José Raimundo de Azevedo, da Escola Fabiano de Cristo, da Pré-escola Alda Marques e, posteriormente, nas demais instituições beneficiadas.

Para o uso de material em sala de aula, o Instituto C&A oferece cursos de capacitação para os coordenadores que repassam as informações para os professores. Os materiais destinados aos coordenadores contêm um DVD com os eixos que serão trabalhados – música, artes, história, exploração do mundo, organização do ambiente – além de cadernos de registros.

Feira de Santana se inscreveu no programa e foi a única cidade escolhida na Bahia, após visita de representantes do instituto à Secretaria Municipal de Educação e entrevista com professores, coordenadores e diretores do município.

Cíntia Falcão Brito, técnica da Divisão de Educação Infantil, afirma que o projeto só tem a acrescentar à atividade pedagógica, através do incentivo à leitura e a criatividade.

Josimeire Tereza, também técnica, destaca que a concepção de criança apresentada pelo programa é semelhante a da Secretaria de Educação, o que motivou a inscrição do município.

“Entendemos que a criança precisa vivenciar a arte. Isso contribui para o seu desenvolvimento físico, cognitivo, cultural e emocional”, destaca.

Formatura do Cicaf em dezembro

45 alunos do Centro chegam ao mercado de trabalho

A partir de dezembro, o mercado de trabalho de Feira de Santana receberá novos profissionais em diversas áreas. Os alunos do Centro Integrado de Capacitação e Apoio ao Adolescente e à Família Professora Gilza Melo (Cicaf), situado no bairro Tanque da Nação, estarão se formando no dia 20 de dezembro.

Quarentas e cinco alunos entre 14 e 18 anos, do curso básico integrado, desejam conseguir o primeiro emprego após a qualificação profissional. O objetivo do curso é desenvolver uma boa relação entre as pessoas no ambiente de trabalho. Disciplinas como Informática Básica, Atenção ao Público e Relações Interpessoais são ministradas semanalmente pela pedagoga Cíntia Barbosa.

Para Darley Felipe Dias, 15 anos, que cursa o 1º ano do ensino médio, o curso é muito importante para o seu aprendizado. “Procurei o curso antes de terminar os estudos, pois preciso me preparar melhor para o mercado”, afirma.

A estudante Lucicarla Soares, 18 anos, acredita que o curso é uma oportunidade de conseguir um bom emprego, já que está aprimorando seus conhecimentos.

Segundo a jovem Micaele Vitória de Jesus, 16 anos, o curso tem transformado sua vida. “Hoje me sinto mais tranquila diante do público e tenho desenvolvido uma boa relação com meus familiares e amigos”, conta.

Os cursos oferecidos pelo Cicaf são: Customização, Depilação, Eletricidade Básica, Garçons, Informática Básica, Inglês I e II, Instalador Predial; Manutenção em Micros, Massagem Corporal, Modelagem Industrial, Recepcionista/Telefonista, Corte de Cabelo e Escova, Redação Técnica e o Curso Básico Integrado.

Os cursos têm duração de seis meses e as próximas inscrições serão iniciadas em fevereiro de 2011.

Inventário projeta turismo de Feira

Seminário realizado no Parque do Saber

O potencial turístico de Feira de Santana vai ser projetado profissionalmente para o mundo, incluindo a cidade no roteiro oficial do Ministério do Turismo e promovendo a atração de novos investimentos. O processo teve início na manhã desta terça-feira (19/10), durante promoção do Seminário sobre Inventário do Turismo, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, no Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Magno Felzemburg, ressaltou o compromisso do Governo Municipal em promover o desenvolvimento do potencial turístico de Feira de Santana. “Estamos implantando definitivamente a semente par que se bote em prática o inventário turístico. O que existe em Feira de Santana vai passar a existir oficialmente para o mundo. Feira vai existir de forma profissional”, destacou.

A coordenadora do Curso de Turismo da Estácio Fib, Mariana Lacerda, ressaltou a importância da atividade turística para desenvolvimento da economia de um município e a proposta do inventário da oferta turística na metodologia do Ministério do Turismo. “Vamos promover um levantamento de informações de características de todos os potenciais turísticos de Feira de Santana”, frisou.

Com potencial bastante comercial, Feira de Santana também terá definida a vocação do turismo, a partir da promoção do inventário. “Para definir a vocação é preciso promover algumas ações, dentre elas o inventário, que é um processo técnico”, frisou Mariana Lacerda.

Durante o evento também estiveram compondo a mesa de honra a representante da Secretaria de Educação, Lélia Vitor Fernandes; e o diretor-presidente da Fundação Cultural Municipal Egberto Costa, César Orrico.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]