São Paulo faz simpósio da ONU sobre refugiados no Brasil

Evento no auditório auditório da Procuradoria Regional da República discutirá a situação de cerca de 4,3 mil pessoas de 78 nacionalidades que vivem no país; a maioria vem de Angola, Colômbia e República Democrática do Congo.

A cidade de São Paulo está abrigando, nesta segunda-feira, um simpósio das Nações Unidas para discutir a situação de refugiados que vivem no país.

Segundo o Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, o Brasil abrigada atualmente 4,3 mil pessoas de quase 80 países. A maioria vem de Angola, da Colômbia, da República Democrática do Congo, da Libéria e do Iraque.

Guerras

Muitas dessas pessoas foram obrigadas a deixar seus países por conflitos, guerras e perseguições. Somente no Estado de São Paulo vivem 1850 refugiados.

Na semana passada, o chefe do Acnur, António Guterres, disse que o mundo está vivendo uma crise global de refugiados por causa de conflitos duradouros em várias partes do mundo. Ele citou a Somália e o Afeganistão como alguns dos exemplos.

O simpósio em São Paulo é organizado pela ONU com organizações parceiras e autoridades locais.

*Com informações da Rádio ONU em Nova York.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]