Prefeitura de Feira homologa contratação de empresa para drenagem de canal do bairro da Mangabeira. Leia esta e outras notícias da PMFS

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana mantém um canal aberto de diálogo com a comunidade, através do projeto Fala Cidadão, onde são feitas solicitações de serviços e indicação de melhorias da população.

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana mantém um canal aberto de diálogo com a comunidade, através do projeto Fala Cidadão, onde são feitas solicitações de serviços e indicação de melhorias da população.

Os moradores do bairro Mangabeira receberam com boas expectativas a notícia de que a Prefeitura de Feira de Santana já homologou a contratação da empresa responsável pela elaboração do projeto de drenagem do canal que corta o bairro.

O extrato de homologação foi publicado nesta quinta-feira (21/10/2010), em edição de jornal de circulação local. A empresa vencedora do certame, realizado em julho na modalidade tomada de preço, foi a ATP Engenharia Ltda.

A notícia foi bem recebida pelos moradores do bairro, que relatam os tristes momentos presenciados quando o canal chegou a transbordar. “Já convivi com situações drásticas, provocadas pelas fortes chuvas, que trouxeram uma série de prejuízos para alguns moradores. Muitas vezes, o canal transbordou e arrastou para dentro das casas entulho, lixo e pedaços de móveis”, lembra o capoteiro Manuel Santana, que trabalha ao lado do canal.

Para o mototaxista Carlos Alves dos Santos, que também reside na Mangabeira, a publicação da homologação é um sinal de que em breve a realidade do local será outra. “Agora estamos mais confiantes de que realmente as promessas sairão do papel. Com certeza a iniciativa vai surtir o efeito desejado. Estamos na expectativa de ver logo os serviços de drenagem serem iniciados”, ressalta.

Cardápio variado no Restaurante Popular

Refeição garante boa alimentação ao trabalhador

O Restaurante Popular tem garantido um cardápio diversificado para pessoas de baixa renda, em especial os feirantes e carregadores do Centro de Abastecimento. Centenas de almoços são servidos diariamente no local.

As pessoas que almoçam no restaurante, pagam apenas R$ 1,00 por refeição acompanhada com um copo de suco de 200ml. O carregador Valdir Reis dos Santos, gosta da alimentação servida no local.

“Desde que inaugurou o Restaurante Popular, almoço aqui todos os dias. Os tipos de sucos oferecidos são sempre variados e saborosos, assim como os pratos”, afirma Valdir Reis.

As sobremesas servidas após o almoço, também são garantida para as pessoas que se alimentam no restaurante. Frutas como mamão, laranja, manga e cocadas são algumas das opções que completam a refeição do trabalhador.

O Restaurante Popular permite que as pessoas de menor poder aquisitivo, tenham uma boa alimentação. Para Joaquim Cipriano de Jesus, 78 anos, que almoça sempre no restaurante, afirma que comida é boa. “Tudo lá é muito gostoso, com o sal no ponto”, comenta.

O diretor do Centro de Abastecimento, Cláudio Soares, afirma que o preparo da alimentação servida no Restaurante Popular obedece a cardápio montado por nutricionistas.

O Restaurante Popular funciona no Centro de Abastecimento, com uma alimentação balanceada e de qualidade. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 11 às 14 horas.

Fala Cidadão atende população

Serviço acionado pelos telenones 75 3602-8336

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana mantém um canal aberto de diálogo com a comunidade, através do projeto Fala Cidadão, onde são feitas solicitações de serviços e indicação de melhorias da população.

Criado em de 2010, o Fala Cidadão já recebeu cerca de 400 solicitações. Alguns pedidossão considerados e resolvidos em até 24 horas, como a retirada de animais mortos, troca de lâmpadas, lixo, focos de dengue, poluição sonora, entre outras que requer uma solução imediata. Para demais reclamações é determinado um prazo mínimo de 72 horas para que haja uma fiscalização no local.

O programa conta com um sistema específico, que a cada solicitação, automaticamente encaminha um e-mail para a administração do setor responsável, seja secretaria ou órgão público informando do pedido.

O cidadão pode fazer sua solicitação através dos telefones (75)3602-8336/8337, disponíveis nos horários das 7 às 18h de segunda a sexta. Neste canal, é feito um cadastro individual do cidadão solicitante.,

Segundo a coordenadora do programa, Eliane Araújo, os cidadãos encontram no Fala Cidadão uma atenção a mais. “O telefone garante não apenas o sigilo da informação, como também agilidade do atendimento”, observa.
Balanço de atividades do Cicaf

Mais de mil vagas ofertadas e alunos certificados

De fevereiro a junho deste ano, o Centro Integrado de Capacitação e Apoio ao Adolescente e Família Professora Gilza Melo (Cicaf) ofertou 1.020 vagas e certificou 448 alunos nos cursos Básico Integrado, Inglês Básico I, Recepcionista e Telefonista, Depilação, Corte e Escova, Manicure e Pedicure, Eletricidade Básica e Informática Básica para adultos.

A coordenadora Ana Maria Alves destaca que, desde quando foi criado, no dia 13 de outubro de 2005, o Cicaf tem como missão colocar à disposição do adolescente e sua família cursos profissionalizantes para o efetivo ingresso no mercado de trabalho. Porém, salienta que “o propósito é preparar e capacitar e não intermediar para o mercado de trabalho”.

Segundo ela, o centro foi reinaugurado no dia 23 de março com prédio restaurado, equipamentos modernos, novos computadores, lousa digital (com projetor, Data Show e notebook), condicionador de ar nas salas, cozinha equipada e condensador de água.

Neste segundo semestre, o Centro está promovendo os cursos de customização, depilação, eletricidade básica, garçons, informática para adultos, inglês básico I e II; manutenção em micros, massagem anti-stress, modelagem industrial, recepcionista/telefonista, corte de cabelo e escova, redação técnica e o curso básico integrado. Todos têm duração de seis meses e as próximas inscrições serão iniciadas em fevereiro de 2011.

O Centro Integrado de Capacitação e Apoio ao Adolescente e Família Professora Gilza Melo está situado à Rua Manoel Matias de Azevedo s/n, bairro Tanque da Nação, próximo ao Centro de Pesquisa, Assistência e Reprodução Humana (Ceparh).
Casamento coletivo dia 9 de dezembro

Casais terão oportunidade de formalizar união

Nesta oitava edição do casamento coletivo, ação que faz parte do programa Família Cidadã, 168 casais estarão oficializando a união conjugal no final deste ano. O programa foi criado em 2002 e já formalizou a união conjugal de 2.072 casais. Realizada anualmente, a iniciativa resultou no casamento de 272 casais no ano passado.

Segundo a coordenação do programa, o casamento coletivo será realizado no dia 9 de dezembro, a partir das 8 horas, no espaço do antigo Mega Fest, atualmente Igreja Assembléia de Deus, na avenida Maria Quitéria.

Antes do cerimonial, que acontece em dezembro, haverá uma capacitação para os casais. “Um pastor, um padre ou um diácono estarão abordando o tema matrimônio com os casais inscritos O local e data ainda serão definidos, provavelmente duas semanas antes da cerimônia”, conta Maria Lícia Dias que faz parte da coordenação do programa.

Além disso, brindes também serão sorteados entre os casais, como uma noite de núpcias em um hotel para dois casais e outros durante a capacitação.

O casamento coletivo é uma promoção da Prefeitura de Feira de Santana em parceria com o Poder Judiciário. A ornamentação do espaço onde acontece a cerimônia, festa, bolo e as demais honras comuns à celebração também são proporcionados aos casais.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]