Prefeito João Henrique ameaça vereadores que têm cargos em sua administração para mudarem de posicionamento na votação da LDO

Conforme fontes da Câmara Municipal o prefeito João Henrique (PMDB), teve um encontro na última sexta-feira (22/10/2010) para cobrar o voto favorável dos edis que têm cargo na administração. E que durante o encontro houve intimidação e até ameaça de demissões de indicados. Entre eles, cinco integrantes da base de apoio: Adriano Meirelles (PSC), Orlando Palhinha e Laudelino Lau (ambos PSB), Léo Kret (PR) e Odiosvaldo Vigas (PDT), que teriam seguido a oposição na última semana; e sete “autônomos”: Alan Castro, Carlos Muniz e Luizinho Sobral (todos do PTN), Alemão (PRP), Pastor Luciano (PMN), David Rios (PTB) e Andrea Mendonça (DEM) – que não possuiria cotas e continuou disjunta.

A pressão exercida pelo prefeito de Salvador sobre os vereadores independentes e da base governista, foi para a mudança de posicionamento destes edis quanto à votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Eles tinham feito um acordo de não ir à sessão para retaliar o Executivo, exceto TC Mustafa (PTdoB), que está de licença médica.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]