Mulheres da Paz recebem certificação como mediadoras sociais

Na manhã desta terça-feira (05/10/2010), cerca de 700 mulheres receberam, no Fiesta Bahia Hotel, certificados de capacitação como mediadoras sociais, dentro do projeto Mulheres da Paz, com foco em ações de mobilização e defesa dos direitos humanos. O curso teve duração de seis meses e abordou assuntos nas áreas de políticas públicas, questões de identidade, mediação de conflitos e cultura de paz.

O projeto faz parte das ações do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania) e é promovido pelo Ministério da Justiça, em parceria com o governo da Bahia, por meio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes).

“Trata-se de uma iniciativa de grande impacto para combater a violência por meio de práticas qualificadas. O projeto certamente vai proliferar-se nos demais territórios para darmos continuidade a este programa, que mostra resultados efetivos”, falou a secretária de Desenvolvimento Social, Arany Santana.

Cada ‘Mulher da Paz’ atende dez famílias. Atualmente, são sete mil famílias acompanhadas na Bahia. Elas atuam na Região Metropolitana de Salvador, distribuídas da seguinte forma: 400 na capital, 100 em Lauro de Freitas, 100 em Camaçari e 100 em Simões Filho. Entre as tarefas das mulheres estão incluídas visitas a famílias carentes e realização de atividades socioeducativas, tudo para reduzir os conflitos por meio do diálogo, a fim de restabelecer a paz nas comunidades onde atuam.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]