+ Manchetes >

Justiça Militar condena controlador aéreo do acidente da Gol

Brasília – O sargento Jomarcelo Fernandes dos Santos, que trabalhou no controle do tráfego aéreo no dia do acidente com o avião da Gol em 2006, foi condenado hoje (26/10/2010) a um ano e dois meses de prisão por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Santos foi condenado por negligência por não ter observado as normas de segurança quando o painel de controle mostrou o desligamento do sinal anticolisão do Legacy e por não informar o oficial que o substituiu no controle aéreo sobre a mudança de altitude do avião.

O acidente com o voo 1907 da Gol ocorreu no dia 29 de setembro de 2006, quando o avião se chocou com o jato Legacy, causando a morte de 154 pessoas. Os demais controladores citados na ação – João Batista da Silva, Felipe Santos Reis, Lucivando Tibúrcio de Alencar e Leandro José Santos de Barros – foram absolvidos por falta de provas.

O julgamento foi em primeira instância e ainda cabe recurso ao Superior Tribunal Militar (STM). O placar do julgamento foi de 4 a 1. A primeira instância da Justiça Militar é formada por um órgão colegiado de cinco juízes.

*Com informações da Agência Brasil

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]