Jornalista de finanças da Reuters renuncia e colegas são investigados por conflitos de interesse

Um conhecido colunista de finanças da Reuters renunciou ao cargo e seus colegas estão sendo investigados por denúncias de violação do código de ética da empresa, que restringe investimentos e atividades comerciais por parte dos jornalistas, informaram o Wall Street Journal e a própria agência de notícias.

O jornalista Neil Collins renunciou na semana passada, mas a Reuters só confirmou a notícia nesta segunda-feira, 18 de outubro.

“Embora não tenhamos evidência de que o jornalista estivesse abusando de sua posição para obter vantagens financeiras, levamos essas violações (ao código de ética) de forma muito séria, e o jornalista renunciou imediatamente durante nossa investigação, afirmou David Schlesinger, editor chefe da Reuters citado pelo Wall Street Journal.

A Reuters Breakingviews, um site de notícias e análises financeiras, informou que está investigando se seus jornalistas tinham conflitos de interesse envolvendo ações de determinadas empresas antes de escrever sobre elas, e se revelaram essa situação à empresa, explicou o New York Times. Segundo o jornal, a maioria das matérias investigadas por conflitos de interesse foram escritas por Collins e pelo jornalista Neil Unmack.

Um artigo de junho sobre a BP, no site da agência, agora faz a seguinte ressalva: “Neil Collins tinha ações da BP quando escreveu esta matéria; ele comprou ações antes e depois”, destaca o New York Times.

Leia aqui um memorando do editor-chefe da Reuters pedindo aos repórteres que revelem possíveis conflitos de interesse e que sejam “honestos e transparentes” com os leitores.

*Com informações do Knight Center

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]