IPAC promove concurso público para a decoração do Carnaval do Pelô 2011

Já está à disposição de empresas e artistas da Bahia, o edital do Concurso Público para a Decoração do Carnaval do Pelourinho 2011. Os editais podem ser adquiridos por R$ 10 (dez reais) no Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), órgão da secretaria estadual de Cultura (SecultBA) responsável pelo programa Pelourinho Cultural que promove a festa carnavalesca na área mais antiga de Salvador, considerada o coração da capital baiana. O anúncio da seleção ocorrerá no dia 12 de novembro de 2010.

Para obter o edital os interessados devem procurar a Comissão Permanente de Licitação (Copel) do IPAC, de segunda à sexta-feira, das 10 às 17 horas, na sede do instituto que fica no Solar Mirante do Saldanha, na Rua Saldanha da Gama, nº25, Viaduto da Sé, Centro Histórico de Salvador (CHS). “A realização de concurso atende a orientação geral do governador para a realização de processos democráticos, que garantam amplitude, lisura e plena legalidade das concorrências que incluam a sociedade civil, visando assegurar a aplicação correta e transparente dos recursos públicos”, explica a diretora geral em exercício do IPAC, Lícia Cardoso.

A decoração do Carnaval do Pelô 2010, igualmente viabilizada por concurso público, homenageou os 60 anos do trio elétrico. Já no ano passado (2009) o concurso possibilitou uma homenagem aos Afoxés de Salvador com 120 peças de cores variadas. Como o Pelourinho é considerado área de visibilidade local, nacional e até internacional, a ideia do IPAC é que o projeto de decoração vencedor de 2011 apresente proposta que contemple as expectativas da população e possa agradar a todos os freqüentadores. Antes de serem escolhidos e executados os projetos têm sempre o aval do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), já que esse órgão federal tombou a área como Patrimônio do Brasil. Mais informações estão contidas nas cláusulas do edital.

DIVERSÃO, SEGURANÇA e ACESSIBILIDADE – Com mais de 50 atrações de música, dança, teatro, performances, poesia e recreação infantil, o Carnaval do Pelourinho é considerado o mais rico e diversificado da Bahia por receber público de diferentes faixas etárias e conter programação artística para todos os gostos. A festa ocorre nas ruas, praças e largos nos turnos da manhã, tarde e noite em meio ao casario chancelado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade oferecendo, por isso, mais charme e cenário diferenciado para a festa.

Segundo especialistas, dentre os circuitos carnavalescos de Salvador – Dodô, Osmar e Batatinha – o Pelourinho tem o melhor acesso e conforto para os foliões. “O Centro Histórico é circundado por três importantes terminais da cidade – Barroquinha, Aquidabã e Terminal da França – e importantes vias de veículos, que são as avenidas da França, Contorno, Jequitaia, Joana Angélica, Heitor Dias e Bonocô, além da Baixa dos Sapateiros, que facilitam acesso para o leste, sul e norte da cidade”, explica o diretor de Patrimônio do IPAC, Paulo Canuto.

De acordo com urbanistas, as 32 ruas de acesso ao Pelourinho, mil vagas de estacionamentos privados – Pelourinho e Comércio -, três mil vagas em zonas azuis nas ruas próximas e 96 linhas de ônibus na malha viária dos bairros do entorno, garantem mais conforto, segurança e melhor acesso aos foliões nos cinco dias do carnaval. Elevador Lacerda, planos inclinados Gonçalves e Pilar, ladeiras da Conceição, Carmo, Montanha e Taboão são apontados como outros facilitadores. Mais informações sobre o Concurso Público para a Decoração do Carnaval do Pelourinho 2011 são obtidas na Copel/IPAC, das 10 às 17 horas ou através do tel. (71) 3117-6484. Outros dados sobre os carnavais no Pelourinho promovidos pelo Governo da Bahia estão nos sites www.ipac.ba.gov.br,www.pelourinho.ba.gov.br, www.cultura.ba.gov.br e www.bahiatursa.ba.gov.br

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]