General Iraniano acusa EUA de ser maior violador mundial de Direitos Humanos

Teerã, 24 out (EFE).- O subcomandante das Forças Armadas iranianas, o general Massoud Jazayeri, pediu hoje que os Estados Unidos sejam processados “como o maior violador mundial dos direitos humanos”.

Em uma reação às informações sobre a Guerra do Iraque vazadas pelo site da organização WikiLeaks, Jazayeri afirmou ainda que o ex-presidente George W. Bush deveria ter sido levado aos tribunais.
“Recebemos terríveis informações sobre as violações aos direitos humanos perpetradas pelo Governo dos Estados Unidos e seu regime liberal democrático”, declarou o general, citado pela rede de televisão estatal “PressTV”.
“No passado, não havia a opção de atuar contra os incontáveis casos de violações dos direitos humanos dos EUA, mas hoje em dia a oportunidade chegou devido ao declínio do poder de Washington e da aparição de uma atmosfera de liberdades”, acrescentou.
“Se (George W.) Bush tivesse sido levado a um tribunal pelos crimes de guerra que cometeu no Iraque, talvez tivéssemos sido testemunhas de um número menor de violações americanas”, disse.
A imprensa iraniana repercutiu amplamente o vazamento promovido pelo site da WikiLeaks, que denuncia milhares de mortes e crimes no Iraque cometidos por soldados americanos e agentes iraquianos.
No entanto, como era de se esperar, não dedicou uma só linha à denúncia, também feita pelas informações divulgadas pela organização, do papel desempenhado na guerra pelo Irã, que teria contribuído com a formação e o armamento das milícias xiitas iraquianas.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]