Governo da Bahia cria comissão para povos e comunidades tradicionais

Governo da Bahia cria comissão para povos e comunidades tradicionais.

Governo da Bahia cria comissão para povos e comunidades tradicionais.

A criação da Comissão Estadual para a Sustentabilidade dos Povos e Comunidades Tradicionais vai inaugurar um canal de comunicação entre esta parcela da população e o Estado, garantindo o seu desenvolvimento sustentável. O decreto de criação será assinado pelo governador Jaques Wagner, às 20h desta sexta-feira (22/10/2010), durante a abertura dos Encontros com as Culturas Populares e Identitárias do Estado da Bahia, na Praça das Artes, no Pelourinho, em Salvador. Também está prevista a presença do ministro da Cultura, Juca Ferreira.

Os Encontros com as Culturas Populares e Identitárias do Estado da Bahia são promovidos pela Secretaria Estadual de Cultura (Secult) em parceria com o Ministério da Cultura e prosseguem até o dia 30 deste mês.

A criação da comissão estadual tem a finalidade de coordenar a elaboração e implementação da Política e do Plano Estadual de Sustentabilidade dos Povos e Comunidades Tradicionais da Bahia. A comissão será paritária, composta por 15 representantes da sociedade civil e 15 representantes do poder público.

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) é uma das parceiras e viabilizou a presença de diversos grupos e expressões culturais dos povos e comunidades tradicionais de vários territórios do estado, com o objetivo de valorizar as suas referências culturais, seus mantenedores, respeitando os participantes como intérpretes de sua identidade cultural, dando-lhes visibilidade e promovendo a continuidade dos seus modos, costumes e fazeres culturais.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]