Em nota oficial, Tarcízio Pimenta desqualifica opiniões de Glauco Wanderley, jornalista do A Tarde

O prefeito de Feira de Santana, médico Tarcízio Pimenta, desqualifica em nota oficial as opiniões do jornalista Glauco Wanderley. Onde considera uma invencionice a matéria/artigo, ‘Desagradando a Gregos e Troianos’. Wanderley é jornalista contratado pelo A Tarde e trabalha na sucursal do jornal em Feira de Santana.

Não é a primeira vez que citado jornalista emite opiniões estapafúrdias, que são rechaçadas por fontes oficiais, ou estão em completa dissonância com a realidade dos fatos. O próprio título do artigo/matéria, ‘Desagradando a Gregos e Troianos’, busca contextualizar fatos do presente utilizando uma obra grega, a Ilíada do poeta Homero, que também é responsável por outra obra, a ‘Odisseia’, ambas são datas do século VIII a.C. (antes de Cristo).

O fato curioso é que não se sabe do ponto de vista histórico se Homero existiu, e se os seus relatos são verdadeiros. Tal quais as opiniões e informações do jornalista, que deve basear-se mais em fatos e menos em “achismos”. Talvez tenha deixado falar um pouco mais alto a sua veia de “contista” do que de jornalista.

Boatos e posicionamento oficial

“Não andei me insinuando para ninguém, nem fiz compromisso político que fugisse à coerência com que tenho me pautado. Quem se iludiu com especulações ou confundiu postura administrativa com postura político-partidária cometeu um equívoco muito grande”. A declaração é do prefeito Tarcízio Pimenta, contrapondo opiniões emitidas pelo jornalista Galuco Wanderley, publicadas em artigo intitulado Tarcízio: Desagradando a Gregos e Troianos.

O prefeito de Feira de Santana volta a frisar que os entendimentos mantidos com o Governo Estadual e com o Governo Federal têm por finalidade conseguir melhorias para o município, sem nenhum compromisso de contrapartida político-partidária. Ele acrescenta que essas alianças administrativas têm tido total transparência, pois são marcadas com eventos públicos e, principalmente, com a presença da imprensa.

“Nunca firmei nenhum compromisso político-partidário em troca de benefícios para Feira de Santana. Recebi o governador Jacques Wagner e o ex-ministro Geddel Vieira Lima na prefeitura, em eventos eminentemente administrativos, para anunciar a liberação de recursos e como eles seriam empregados no município. Se alguém não está satisfeito com isso, ou confundiu a minha postura, deve entender, de uma vez por todas, que agi assim e continuarei agindo sempre que houver benefícios para Feira”, salienta.

Tarcízio Pimenta considera que estão tentando inverter a lógica da política-partidária no atual contexto, querendo colocá-lo numa posição de indeciso ou desorientado no cenário político.

“Eu sou o prefeito da segunda maior cidade da Bahia, que também vem a ser o segundo maior colégio eleitoral do estado. Estou administrando o município sem maiores dificuldades e mantendo a coerência na minha postura político-partidária. Não tenho necessidade de cortejar ninguém e tanto o governador Jacques Wagner quanto o ex-ministro Geddel Vieira  sempre respeitaram esse meu comportamento em prol do povo de Feira de Santana”, destaca.

O prefeito lembra que nesta segunda-feira, por exemplo, está assinando mais um convênio o com o Governo Federal, com o Ministério do Turismo, para obras na Praça Monsenhor Renato Galvão (Praça da Matriz), fruto de uma emenda parlamentar do senador César Borges. Além disso, Tarcízio Pimenta esteve na entrega de novas unidades do Minha Casa, Minha Vida, programa que também conta com o apoio da prefeitura com a concessão de incentivos fiscais.

Veja a nota oficial de Tarcízio onde reafirma compromissos partidários

Prefeito de Feira emite nota oficial em apoio à candidatura de José Serra

Saiba +

Homero foi um lendário poeta épico da Grécia Antiga, ao qual tradicionalmente se atribui a autoria dos poemas épicos, Ilíada e Odisseia. Os gregos antigos geralmente acreditavam que Homero era um indivíduo histórico, mas estudiosos modernos são céticos: nenhuma informação biográfica de confiança foi transmitida a partir de antiguidade clássica, e os próprios poemas manifestamente representam o culminar de muitos séculos de história contadas oralmente e um bem desenvolvido sistema já muitas vezes usado de composição poética. De acordo com Martin West, “Homero” não é “o nome de um poeta histórico, mas um nome fictício ou construído”.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]