Cuba liberta presos políticos

Brasília – O governo cubano libertou ontem (21/10/2010) os presos políticos Rolando Jimenez Posada, Arturo Suarez Ramos e Ciro Perez Santana que foram levados para a Espanha. As informações são da agência portuguesa Lusa.

Também ontem, a Igreja Católica de Cuba divulgou a libertação de mais cinco presos políticos – quatro homens e uma mulher – membros de um grupo de 75 dissidentes condenados em 2003 no país. Com mais essa liberação, chega a 47 o número de dissidentes que aceitaram viver na Espanha e foram libertados.

Esta semana, o cubano Guillermo Fariñas, 48 anos, que ficou 11 anos preso e fez greve de fome até a libertação dos primeiros presos políticos de Cuba, foi escolhido como o vencedor do prêmio de direitos humanos (Sakharov) concedido pelo Parlamento da União Europeia.

Esta é a terceira vez que a dissidência cubana recebe a premiação, no valor de 50 mil euros (cerca de R$ 116 mil). O prêmio é entregue a “indivíduos excepcionais que combatem a intolerância, o fanatismo e a opressão”, segundo as normas do conselho do parlamento.

*Com informações da Agência Brasil

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]