Brasil assume presidência do Conselho Agropecuário do Sul

Brasília – O Brasil assumirá amanhã (21/10/2010), em Santiago do Chile, a presidência rotativa do Conselho Agropecuário do Sul (CAS) para o período 2010/2011. Criado em 2003 pelo Mercosul, o conselho é um fórum de diálogo, consulta e harmonização das ações dos ministérios da Agricultura do Brasil, da Argentina, do Paraguai, Uruguai, Chile e da Bolívia.

O convite para assumir a presidência do CAS foi feito ao ministro da Agricultura, Wagner Rossi, no dia 18 de agosto, pela secretária do conselho, Alejandra Sarquis, em reunião em Brasília. O trabalho é voltado ao desenvolvimento sustentável dos setores agropecuário, florestal e pesqueiro, tendo uma preocupação especial com a sanidade animal e vegetal na região.

Rossi assume a presidência do CAS, em nome do governo brasileiro, na 19ª reunião ordinária do órgão. A reunião se estende até a próxima sexta-feira (22/10). Segundo ele, um dos principais objetivos comuns dos seis países que integram o órgão é a erradicação da febre aftosa no continente, um dos principais entraves para a expansão de suas exportações de carne bovina.

“O Brasil vem desenvolvendo, ao longo dos últimos anos, uma parceria com os países vizinhos e irmãos, que deve ser aprofundada em termos de cooperação técnica agrícola. Trata-se de uma questão sanitária importante e, por isso, vimos desenvolvendo ações para ajudar especialmente a Bolívia a livrar seu rebanho da doença”, afirmou o ministro, por meio de nota.

A última reunião do CAS, que se encontra duas vezes ao ano, foi realizada em maio, em Buenos Aires. No período 2009/2010, a presidência do conselho foi ocupada pelo ministro da Agricultura do Paraguai, Enzo Cardozo.

*Com informações da Agência Brasil

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]