Bahia entra no Circuito Internacional do Chocolate

Paris, Nova York, Tóquio, Pequim, Moscou, Xangai e agora Bahia. Esse é roteiro internacional do Salon du Chocolat, que está sendo realizado, até a próxima segunda-feira (01/11/2010), em Paris, onde, nesta quinta (28/10/2010), o comissaire general do Salon du Chocolat, François Jeantet, assinou termo de compromisso, juntamente com o secretário da Agricultura do Estado, Eduardo Salles, garantindo a realização do evento na Bahia, em julho de 2012.

O documento também foi assinado pelo o diretor de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Eduardo Sampaio Marques, o secretário de Turismo da Bahia, Antonio Carlos Tramm, e o presidente da Associação de Produtores de Cacau (APC), Henrique Almeida.
Salles informou que a realização do evento na Bahia foi resultado de uma solicitação feita pelo governador Jaques Wagner, em 2009, e ratificada este ano. “Aqui será muito especial e com diferencial em relação aos realizados em outros países. Nós teremos um fórum fechado, reunindo os maiores chocolateiros do mundo, e visitas a fazendas de cacau”.
O secretário participa do Salon, acompanhado pelo superintendente de Política do Agronegócio da Seagri, Jairo Vaz, o vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado da Bahia (Faeb), Guilherme Moura, o secretário executivo do Instituto Cabruca, Durval Libânio, o presidente do Sindicato dos Produtores de Ilhéus, Isidoro Gesteira, e por diversos produtores de cacau e de chocolates finos. Ele enfatizou que a participação do Estado no maior evento de chocolate do mundo é uma grande oportunidade de apresentar as qualidades e potencialidades do cacau baiano, “e também para demonstrar ao mercado internacional que a Bahia, possui condições de produzir cacau fino, em quantidade e qualidade”. Salles disse ainda que a delegação baiana tem a missão de atrair investimentos para a agroindustrialização do cacau.
Estande do Brasil é destaque
O Salon du Chocolat ultrapassou as fronteiras nesses últimos anos e é exportado para os Estados Unidos (12ª edição), Japão (9ª edição), Rússia (4ª edição), China (3ª edição). Em Paris, a Bahia e o Brasil estão representados num estande que chama a atenção dos visitantes pela beleza e um grande painel iluminado, mostrando uma fazenda de cacau, com uma plantação e os frutos. Também estão expostos produtos de alta qualidade para a apreciação dos mais importantes comerciantes de cacau e dos maiores produtores de chocolate do mundo.
Boa colheita
A Bahia é o principal produtor de cacau do Brasil, abrangendo mais de 100 municípios, com população de aproximadamente de três milhões de habitantes. Para este ano, de acordo o presidente da APC, é esperada a colheita de 150 mil toneladas de cacau no estado. O Pará, o segundo maior produtor brasileiro, deve colher 50 mil toneladas/ano.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]