Vereador solicita fiscalização nas refeições que a empresa R Carvalho disponibiliza aos funcionários. Leia esta e outras notícias da PMFS

O vereador Reinaldo Miranda – Ronny – (PMN), hoje (30/08/2010), em seu discurso proferido na tribuna da Câmara Municipal, cobrou da empresa R Carvalho que fiscalize melhor a qualidade das refeições que são disponibilizadas aos seus funcionários, enfatizando problemas de intoxicação alimentar.

Segundo Ronny, na semana passada, vários operários da construção civil lotaram as policlínicas do George Américo e Parque Ipê, após o almoço disponibilizado por uma empresa que presta serviço a R Carvalho. O vereador também informou que, este ano, é a segunda vez que ocorre problemas de intoxicação alimentar com funcionários da empresa.

Vereador critica L. Marquezzo

O líder da bancada governista, vereador Ewerton Carneiro – Tom – (PTN), hoje (30), durante seu pronunciamento na sessão legislativa, teceu duras críticas a L. Marquezzo, salientando que a empresa está construindo – na Rua Nova – o condomínio Central Park, mas não divulga na mídia, folder e no seu site o nome do bairro, onde será localizado o empreendimento.

Para ele, a empresa está agindo com discriminação, ao citar apenas que o Central Park terá localização privilegiada, perto de tudo. 10 minutos a pé do Centro de Abastecimento, Estação de Transbordo e do Estádio Jóia da Princesa.

Tom informou que o condomínio residencial Central Park será construído na Rua Itororó, num antigo pasto, localizado no Barro Vermelho, bairro Rua Nova. “A empresa está fazendo o condomínio na Rua Nova e não tem a hombridade de falar que o condomínio localiza-se na Rua Nova. Eu quero respeito com a minha comunidade, não posso aceitar essa discriminação com o meu bairro”, protesta o vereador.

Na oportunidade, Tom denunciou que a empresa de construção civil também invadiu a metade de uma rua no bairro Parque Ipê. “Está lá, um condomínio no Parque Ipê a mercê, esperando a Prefeitura fazer. É obrigação da L. Marquezzo fazer a sua parte”, afirmou.

Promulgada lei que garante presença de representante dos barraqueiros no Conselho de Festejos Populares

Foi promulgada pelo presidente da Câmara, Antônio Carlos Passos Ataíde, a lei que garante a presença de um representante da Associação dos Barraqueiros no Conselho Municipal de Festejos Populares. O vereador Luiz Augusto de Jesus, o Lulinha da Conceição, autor do projeto, disse, em discurso na sessão desta segunda-feira (30) da Casa da Cidadania, que se trata de uma lei importante para a categoria dos barraqueiros.

A lei teve que ser promulgada, tendo em vista que o Poder Executivo não a sancionou, nem apresentou veto, à proposta aprovada pelo Legislativo, dentro dos prazos constitucionais estabelecidos.

“Há uma distorção na composição do Conselho de Festejos Populares de Feira de Santana. Sendo uma entidade que define sobre a organização de eventos populares previstos no calendário oficial da cidade, não poderia continuar sem a representação dos barraqueiros. Afinal, eles são parte interessada diretamente nessas festas e têm uma importância muito grande nos eventos”, declarou o edil.

Segundo Luiz Augusto, caberá a Associação dos Barraqueiros, agora, indicar o seu representante, que poderá ser o presidente, ou vice ou um diretor. “O importante é que a classe tenha uma pessoa participando das discussões sobre assuntos como a Micareta, por exemplo, uma festa em que os barraqueiros têm uma atuação importante, como todos sabem. Não era justo que eles ficassem de fora das discussões”.

Sessão especial sobre Consciência Homossexual deverá ser realizada em outubro

Deverá acontecer no mês de outubro a sessão especial que seria realizada na última sexta-feira, na Câmara de Feira de Santana, sobre a consciência homossexual. O evento foi suspenso por causa do pequeno número de pessoas presentes, inclusive dentre os convidados pela Casa da Cidadania, para compor o plenário durante os debates.

O vereador Ângelo Almeida, da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, autor da proposição convocando a sessão especial, disse que compreende a pequena presença de homossexuais na sessão especial que seria realizada no fim de semana e que não haverá prejuízo algum. “Realizaremos a sessão ainda este ano, quem sabe no ato de criação da Frente Parlamentar em defesa da comunidade LGBT”.

O vereador acrescentou: “lideranças do movimento LGBT, que compareceram à Câmara, explicaram que houve uma grande mobilização, nos últimos dias, em torno da Parada Gay, que aconteceu no domingo. Foram exaustivas reuniões. Esse pessoal acabou não tendo tempo de dar conta de tantos compromissos”.

Vereador articula projeto para criar restrições à instalação de rede de água e luz em ruas que não estejam cadastradas

Buscar uma maior organização para a denominação de ruas em Feira de Santana. Este é o objetivo do vereador Ailton Araújo, o Ailton Mô, que anunciou hoje (30) estar elaborando um projeto de lei criando restrições para a instalação de rede de água ou de energia elétrica no município em ruas que não tenham seu nome devidamente cadastrado na Prefeitura.

Em discurso na Câmara, o vereador disse que sua assessoria está encerrando estudos para apresentação do projeto, o que deve ocorrer ainda este ano. Sua proposta é que serviços de instalação de água e energia só devem ser realizados uma vez comprovado o cadastramento do nome da rua junto à Prefeitura.

“Um rua, para ter direito a CEP, precisa estar cadastrada no Município. Estamos desenvolvendo esse estudo, para posteriormente apresentar o projeto. Em Feira de Santana existem ruas, como da Paz e São Félix, com o mesmo nome em até três bairros. Creio que é necessário organizar. Será bom para todos”, diz o vereador.

Ele elogiou a iniciativa dos vereadores Luiz Augusto de Jesus e Getúlio Barbosa, no que tange ao projeto aprovado este ano, que disciplina a mudança de nome de rua em Feira de Santana. A lei determina que, para haver modificação, é necessário que a comunidade se reúna e articule um abaixo-assinado subscrito pela maioria dos moradores locais.

Câmera cancela Audiência Pública do dia 02 de setembro

Cancelamento de Audiência Pública, sobre o Plano Estadual de Juventude e instalação de Frente Parlamentar da Juventude Feirense.

A Câmara Municipal de Feira de Santana, atendendo a solicitação da Comissão de Meio Ambiente, Direitos Humanos e Defesa do Consumidor, comunica a sociedade feirense o cancelamento da Audiência Pública do dia 02 de setembro, marcada para as 9 horas, no plenário da Casa Legislativa, onde seria analisado o Plano Estadual de Juventude e instalação de Frente Parlamentar da Juventude Feirense.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]