Vereador acusa prefeito de Anguera, Mauro Vieira, de contratar empresas ilegais para execução de transporte escolar

Documentação comprova irregularidades praticadas pela gestão de Mauro Vieira. Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje

Documentação comprova irregularidades praticadas pela gestão de Mauro Vieira.
Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje

Vereador Felipe Machado Vieira (PRB), líder da minoria da Câmara Municipal de Anguera, apresenta denúncias ao Ministério Público Federal contra a administração do prefeito Mauro Selmo de Oliveira Vieira (PMDB), por supostas irregularidades na contratação de três empresas para a execução de transporte escolar no ano de 2009. Sem a realização de processo licitatório.

De acordo com a denúncia feita pelo vereador, ele esteve pessoalmente na sede da empresa Ramos Fagundes Locação e Transporte Ltda., situada na Rua Eulina Pereira de Oliveira, Nova Vista, Santo Estévão, onde constatou que no local não existe nenhuma sede ou escritório da referida empresa, o que existe é uma casa residencial; no caso da TA Gomes e Cia. E Ltda, situada na Av. Castro Alves, 120, centro de Santo Estévão, o que existe no local é o Colégio Nossa senhora de Lourdes; e por último a Gomes Santos Transporte Ltda., situada na Rua João Passos, 32 – Centro, esta no município de Ipecaetá, constatou-se que a citada empresa nunca funcionou naquele local.

Outro fato que chamou a atenção do vereador foi à apresentação das contas referente ao mês de dezembro em que a atual administração acusa ter realizado reformas em alguns PSFs que nunca existiu no município. O denunciante cita como exemplo o fato de que a Construtora MVB com CNPJ -10695296/0001-66 do município de Anguera realizou uma suposta reforma nos PSFs de Ariri, Massape, Boa Esperança e Roçado, sendo que nesses locais descriminados pelo empenho de número – 614 e processo 3149 nunca se constatou a existência de nenhum Posto de Saúde e menos ainda de PSFs e receberam o valor de R$ 20.394,30 sem que deixasse empenhado o valor de R$ 76.806,40 e ainda consta no sistema do TCM que a obra esta em andamento.

O curioso é que o local da suposta instalação dessa empresa é onde funciona a Secretaria de Ação Social. Prédio que é alugado à Prefeitura em nome de Marconde Vieira Brandão, proprietário da empresa MVB, que no mês de dezembro recebeu o valor de R$ 250,00 referentes ao aluguel com o número do empenho 733 e do processo 648. O JGB está analisando outras denúncias apresentadas pelo vereador Felipe.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]