Geddel Vieira Lima ouve desabafo inflamado no Sudoeste

Geddel Vieira Lima ouve desabafo inflamado no Sudoeste.

Geddel Vieira Lima ouve desabafo inflamado no Sudoeste.

Um governo sem critério, sem prioridade e sem atitude. Assim foi definida a forma como o Governo dirige o Estado, segundo lideranças e habitantes de Cordeiros, Condeúba, Piripá e Tremedal. As reclamações foram relatadas nos quatro municípios durante a visita do pré-candidato a governador da Bahia, Geddel Vieira Lima e do senador César Borges neste sábado.

A Bahia não deixou de ser somente protagonista do Nordeste. Perdeu investimentos e aumentou a desigualdade no Estado, segundo o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel. “A Bahia cresceu na violência e em 52% dos casos de meningite e isso pode ser revertido”.

A maioria dos depoimentos ocorreu em tom inflamado nas quatro cidades. O descontentamento atraiu inclusive prefeitos de cidades vizinhas. “O atual governador quando esteve aqui disse que ia fazer o asfalto de Jacarací, Mortugagaba e prometeu que até 2011 faria Licínio de Almeida até a divisa com Minas e nada. Recentemente bati na porta, mas sempre sou enrolado. Me perguntam quem autorizou. É assim que funciona na Bahia. Não agüentamos mais tanto descaso nessa região”, declarou o prefeito de Jacarací, Antonio Carlos durante a reunião em Cordeiros.

O vereador, líder da maioria na Câmara de Condeúba, Silvan Baleeiro também esbravejou a respeito da conduta do atual governador. “Veio pra cá dizer que ia jogar cascalho de Mortugaba a Condeúba quando eu disse que isso é manutenção do município. Obrigação do governador é melhorar rios, fazer canalização, investir na infra-estrutura, propiciar desenvolvimento. Fico triste como baiano porque este é o cenário da nossa Bahia, mas que precisamos acabar com esse descaso, esse desleixo”.

Insatisfeito, Silvan questionou o atendimento médico. “O sistema de saúde não existe, é uma miséria. E isso porque não existe critério. Esse governo não injetou nada de recurso. Condeúba faz divisa com oito municípios que estão jogados e em Conquista e em só tem um aparelho de tumografia, como é que pode?”.

Embora o trajeto ao Sudoeste da Bahia tenha revelado reclamações, César viu o analisou: “Me entusiasmo ao ver o povo baiano levantar sua voz e dizer que não deseja um governo que não está a altura da Bahia. Não há um setor no Governo que esteja bem. Vocês foram enganados e por isso estou nesta caminhada”

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]