Geddel acusa Wagner de se autopromover com o uso dos recursos do governo federal

Com a aproximação das eleições o clima político na Bahia começa ficar aquecido e a troca de farpas entre eles são cada vez mais audaciosas e eivada de acusações mútuas. O pré-candidato a governador da Bahia pelo PMDB, Geddel Vieira Lima, já direcionou a sua metralhadora giratória contra a atual gestão do governo Wagner, ao acusá-lo de estar se utilizando de recursos do governo federal visando a sua autopromoção.

A situação chegou ao nível em que o peemedebista taxa o governador de faltar com a vedade, mentir com relação à construção da ponte do rio São Francisco, na cidade de Carinhanha. “Chega, não dá. É molecagem. O governador estadual diz textualmente que foi responsável pela construção da ponte. É mentira, não tem um centavo”. Geddel argumenta que caso semelhante ocorre com referência à aquisição dos veículos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). “As ambulâncias do Samu foram compradas e equipadas 100% com dinheiro federal. É impossível acreditar, não dá mais. Chega”.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]