Deputado Estadual Zé Neto critica o PMDB e diz que partido esqueceu a Bahia e que Colbert Martins deixou de fazer a sua parte

Deputado Zé Neto (PT): . Afinal, era uma boa oportunidade para o PMDB mostrar que não defende os interesses da Bahia só no discurso. Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje

Deputado Zé Neto (PT): . Afinal, era uma boa oportunidade para o PMDB mostrar que não defende os interesses da Bahia só no discurso.
Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje

“Meu amigo, o deputado Colbert Martins, do PMDB, pisou na bola e bem que tentou achar um culpado para o episódio das delegacias regionais do Ministério da Comunicação, mas errou o alvo. Anunciou que se sentia indignado com o fato de a Bahia ter sido preterida para sediar uma das sete delegacias criadas pelo órgão, que a instalou em Pernambuco. Estaria tão bravo que prometeu, assim que retornar a Brasília, subir à tribuna da Câmara e denunciar que isso ocorre em função de uma suposta perda de prestígio do Estado. Ora, caro amigo, não precisa ir tão longe. Basta apenas cobrar dos próprios parceiros de partido, especialmente os parceiros baianos, o porquê do Ministério, que é do PMDB, ter esquecido a Bahia nesse momento. Afinal, era uma boa oportunidade para o PMDB mostrar que não defende os interesses da Bahia só no discurso. Queremos mais empenho para reversão do quadro.”, aponta o deputado petista Zé Neto.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]