Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 30 de abril de 2010

Projeto UNACON

O provedor Outran Sampaio Borges, promoveu  um encontro na quarta-feira ultima, no auditório do Hospital Dom Pedro de Alcântara, quando foi apresentado o projeto da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON). Na oportunidade mostrou o passado, presente e o futuro desse importante projeto para a comunidade de Feira de Santana e Região.

A UNACON, apesar de inaugurada em setembro de 2008 só entrou em funcionamento em setembro de 2009 e, atualmente, concentra todo atendimento oncológico de pacientes conveniados do SUS, procedentes da macrorregião Centro Leste da Bahia, da qual Feira de Santana é o município de referencia, e que atende uma população de aproximadamente dois milhões de pessoas.

Desde o início de suas atividades foram matriculados 2.687 pacientes, dos quais 1021 tratado com quimioterapia e Radioterapia, os demais se encontram em acompanhamento clínico. Há um  projeto de se implantar em Feira de Santana um serviço de oncologia infantojuvenil, para facilitar a vida de muitas crianças e adolescentes com câncer que hoje encontram sérias dificuldades ao se deslocarem para a capital do Estado a fim de receberem tratamentos. Há ainda projeto de reestruturação do centro cirúrgico do Hospital Dom Pedro de Alcântara para que possam ser realizadas cirurgias oncológicas de todos os portes.

 Debates sobre o clima

A Universidade Estadual de Feira de Santana foi palco, na ultima terça-feira, de discussões para levantamento de temas a serem apresentados na 2ª Conferência Internacional sobre Clima, Sustentabilidade e Desenvolvimento Sustentável em Regiões Semiáridas (ICID+18), programada para o período de 16 a 20 de agosto, em Fortaleza. Na oportunidade se pronunciaram  Andréa Sá, do Centro de Treinamento e Desenvolvimento (Cetrede); o professor Ildes Ferreira que relatou pesquisas desenvolvidas na Uefs sobre a questão ambiental;  Marcos Eliano Tavares, da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e membro da comissão organizadora do evento; e Washington Almeida Moura, vice-reitor da Uefs.

Dia das mães

Quinta feira  próxima,   Ethel e Suca Baratz promoverão festa na Veruscka, para comemorar o dia das mães, quando homenageará a senhora Renilce Cavalcanti. Haverá coquetel que por certo será bastante concorrido.

Edição de livros

Proponentes contemplados com o Edital de Apoio à edição de livros de autores baianos da Fundação Pedro Calmon/Secult assinaram, na sede da instituição, o Termo de Acordo e Compromisso (TAC). No total, são sete (7) projetos que, após a assinatura do TAC, seguida da publicação no Diário Oficial do Estado, receberão os recursos previstos para executar os seus respectivos projetos. Edital de Apoio à edição de livros de autores baianos selecionou 12 projetos nas categorias Poesia, Romance, Contos e Literatura Infanto-Juvenil, no valor de até R$ 22.500 cada, totalizando cerca de R$270 mil de investimentos.

Pós FTC

A FTC Feira de Santana está investindo em mais um curso de pós-graduação. Trata-se de Enfermagem na Urgência e Emergência, que já está com as matrículas abertas, com previsão de início das aulas em 14 de maio. Com o novo curso, chega a nove o número de turmas iniciadas este ano, na campanha 2010.1. Atualmente a Pós-Graduação da FTC Feira tem 19 turmas em sala de aula, distribuídas em dez cursos nas áreas de Gestão, Saúde e Engenharia. Há, ainda, os cursos de Psicopedagogia Institucional e Docência do Ensino Superior, cujas aulas serão realizadas na unidade centro. As matrículas estão abertas até o dia 7 de maio.

Para pesquisa

Programas de pós-graduação stricto sensu – ou seja de mestrado e doutorado – ligados à instituições de pesquisa públicas ou privadas sem fins lucrativos da Bahia já podem apresentar propostas para pedidos de financiamento de projetos de infraestrutura de pesquisa. No total, são R$ 4 milhões em duas faixas de financiamento oferecidos pela Fapesb – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia, através de edital. Programas de doutorado em processo de consolidação, que tenham nota 4 na Capes , com o valor máximo por projeto é de R$ 150 mil e a segunda faixa é voltada para projetos de programas que visem o fortalecimento de cursos de mestrado reconhecidos pela Capes, que podem inscrever projetos de até R$ 120 mil.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Antonio José Larangeira
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]