Projeto Tamar completa 30 anos, protegendo 10 milhões de tartarugas

O Projeto Tamar, criado para proteger as tartarugas marinhas no Brasil, completou 30 anos. No sábado (10/04/2010), realiza, simultaneamente, em todas as suas 23 bases de pesquisa – de Santa Catarina ao Ceará – a soltura simbólica do filhote número 10.000.000, alcançada na última temporada. A sede de Sergipe, localizada na frente do Oceanário (praia de Atalaia, em Aracaju), foi escolhida como a sede das comemorações por alcançar os melhores resultados. Em três décadas, a população de tartaruga Oliva foi multiplicada por dez, passando de 100 para 1.000 representantes da espécie.

No dia 10, a festa continua com shows a partir das 16h30, no mesmo local, com apresentação dos grupos folclóricos locais e de rock e MPB, como o Ilariô da Tartaruga. Também estarão presentes os cantores Lenine e Margareth Menezes. Os dois participaram do movimento de músicos famosos que, em apoio à causa das tartarugas, criou novas letras, musicou e gravou canções compostas por pescadores e moradores de pequenas comunidades.

“A partir de agora estamos lidando com a segunda geração de tartarugas protegidas pelo Tamar. Hoje as crianças cresceram e tiveram seus filhos”, comemora Guy Marcovaldi, coordenador nacional do Projeto Tamar. E conclui: “Se não tivéssemos interferido nessa população, a maioria das praias não teria mais essas cinco espécies de tartarugas”.

O Tamar protege cerca de 1.100 km de praias, com 23 bases mantidas em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso desses animais, no litoral e ilhas oceânicas. Ao todo, atua em nove estados.Patrocinado pela Petrobras há 28 anos, o Projeto é coordenado pelo ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade em cooperação com a Fundação Pró-Tamar.

 

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]