Produção de vídeo fomenta a consciência ambiental nas escolas

Estão abertas, até o dia 30 deste mês, as inscrições para o concurso de vídeos do Projeto IdentificaAção, desenvolvido pela Secretaria da Educação da Bahia. Com o tema “Que ambiente nós temos? Que ambiente nós queremos ter?”, o concurso é voltado para estudantes das escolas estaduais de todos os municípios da Bahia.

Para participar, é necessário que os estudantes reúnam-se em duplas e tenham a orientação de um professor. Os vídeos devem ser entregues na unidade escolar em que os participantes estão matriculados. A produção precisa demonstrar em, no máximo, 3 minutos, os problemas ambientais e propor alternativas para solucioná-los.

Os vídeos que se destacarem serão reproduzidos e distribuídos para toda a rede escolar. Serão premiados os melhores vídeos de cada Diretoria Regional de Educação. Os estudantes vencedores serão premiados com uma máquina fotográfica digital; o professor orientador ganhará um notebook e a escola ganhará um kit pedagógico.

Para mais informações, consulte a direção de sua escola ou envie um e-mail para: [email protected]

Confira o regulamento

– Cada dupla de alunos, orientado por um professor, deverá elaborar um vídeo de curta-metragem com, no máximo, 3 minutos de duração.

– Os vídeos devem responder às seguintes proposições: Que ambiente nós temos? Que ambiente nós queremos ter? Lembrando que os vídeos devem abordar o meio ambiente escolar e o seu entorno.

– Os alunos deverão inspirar-se na realidade da sua comunidade escolar e fazer o seu posicionamento diante da temática. Convidando a comunidade escolar, identificando os problemas socioambientais e propondo alternativas para solucioná-los. O vídeo deve expressar a realidade da escola, ou seja, “o que se tem e o que se quer ter na escola”.

– As filmagens podem ser feitas com aparelhos celulares, máquinas fotográficas digitais ou filmadoras que apresentem uma boa qualidade de imagem.

– As edições podem ser feitas em quaisquer programas, desde o mais simples, como o Movie Maker, até outro escolhido pela dupla.

– As gravações devem ser feitas dentro das escolas ou em seu entorno.

– Todo o processo deverá ser acompanhado pelos professores orientadores.

– O vídeo deverá apresentar um título relacionado ao tema proposto.

– Para o caso de vídeos que utilizem, no processo de edição, trilhas sonoras/músicas, os educandos deverão privilegiar a utilização de musicas de autoria da comunidade local e/ou músicos regionais, respeitando os devidos direitos autorais.

– Os vídeos selecionados podem ser reproduzidos para difusão em toda rede estadual e/ou nos veículos de mídia tradicionais. Para tanto, os estudantes concorrentes que forem selecionados devem estar cientes de que deverão assinar um termo autorizando a divulgação dos seus respectivos vídeos para fins exclusivamente educativos.

– O vídeo elaborado por cada dupla deverá ser entregue na escola (coordenação ou direção) acompanhado de um minirrelatório informando o processo de elaboração do vídeo, contendo fotos e a indicação do princípio ou diretriz do ProEASE que tem coerência com o material produzido.

– Caso seja do interesse, é permitida a formação da dupla com aluno ou aluna do ensino fundamental e do ensino médio.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]