PMFS propõe Plano Municipal de Segurança. Confira está e outras notícias da Prefeitura de Feira de Santana

Manutenção em 130 escolas municipais

Cerca de 130 escolas da rede municipal de ensino já passaram por manutenção neste ano. Geralmente, o Departamento de Manutenção da Secretaria de Educação executa capinação, dedetização, limpa fossa, retelhamento, reforma das carteiras escolares e pequenos reparos nas unidades de ensino, com uma frequência diária.

Algumas das unidades beneficiadas com estes serviços foram a Escola Paula de Freitas Almeida, no distrito de Maria Quitéria, Escola Maria Antonia da Costa situada no bairro Santa Mônica, Escola Margarida Brito Oliveira no São João do Cazumbá, Tomba, Escola Getsêmane localizada no bairro Rocinha, Escola João Duarte Guimarães no Limoeiro, Escola José Martins Rios na avenida de Canal e a Pré-Escola Thelma Carneiro no Feira X, dentre outras escolas.

No povoado de Carro Quebrado, em Maria Quitéria, o Departamento de Manutenção adaptou duas salas de aula na Escola Paula de Freitas Almeida. Já na Escola Margarida Brito Oliveira, no Tomba, a rua estava com o nível elevado acima da escola e o setor fez um entroncamento entre o esgoto pluvial e o esgoto público, além de retelhamento.

Outra beneficiada com os serviços, a Escola Thelma Carneiro está sendo capinada e passando por retelhamento e cravejamento. A diretora da pré-escola Ana Rita Silva, 46 anos, afirma que vândalos jogam pedras no telhado, o que só prejudica os estudantes. Esta unidade atende em torno de 100 alunos do Infantil I e II nos turnos matutino e vespertino

O serviço é realizado a partir do momento que o Departamento de Manutenção recebe ofício da direção escolar, solicitando a visita do setor à unidade de ensino. “Com isso, fazemos a vistoria, depois formulamos um relatório para informar o que a escola necessita e, a partir disso, a gente toma a providência cabível”, explica a diretora do Departamento de Manutenção, Tereza Cristina Mendes, arquiteta e engenheira de Segurança do Trabalho.

Quando as solicitações são emergenciais, o caso é resolvido de imediato. Mas se for preciso elaborar planilha, é feita a medição no local, formulada a planilha e depois é formado o processo para executar a obra, detalha a diretora.

De acordo com ela, o departamento mantém parcerias com diversas secretarias municipais, a exemplo da Secretaria de Serviços Públicos com serviços de capinação, Secretaria de Planejamento com os projetos, e Secretaria de Desenvolvimento Urbano com a fiscalização, para solucionar os diversos pedidos.

“O serviço de dedetização é o mais realizado por causa da preocupação com a higiene das escolas. Nós temos uma empresa terceirizada para realizar esse serviço e também há preocupação com a dengue”, afirma Tereza Cristina.

Ônibus Digital no Espaço Marcos Moraes

Desde que foi inaugurada, a Escola Itinerante de Informática, o Ônibus Digital, permanece em atividade contínua, levando Internet gratuita para os diversos bairros de Feira de Santana. Desde terça-feira (27), quem passou pelo Espaço de Cultura Arte e Lazer Marcos Moraes teve a oportunidade de conhecer e usufruir da estrutura do equipamento gratuitamente.

Raphael Oliveira, 19 anos, morador do centro da cidade foi o primeiro a chegar no ônibus nesta quinta-feira (29) e ao conhecer o veículo se demonstrou encantado com o que viu. “Eu adorei demais. Tem muitas crianças que vão aprender o que é o mundo lá fora, através da Internet, pesquisas em sites e trabalhos escolares. Sites proibidos são bloqueados, o que é importante, porque não só adultos usam, mas também as crianças” destacou.

O instrutor Wesley Moreira relatou que comparecimento de pessoas nos dias em que o ônibus está no centro tem sido bom, porém nos bairros chega o número é impressionante. Isso porque, segundo ele, tem mais escolas e, consequentemente, uma quantidade maior de crianças, público principal. “O bom de estar no centro é que ajuda a divulgar ainda mais”, acredita.

Micael Victor dos Santos, oito anos, é morador do bairro Feira X, mas como a mãe trabalha no centro, costuma acompanhá-la para usar os computadores da praça de alimentação, que assim como o ônibus fazem parte do programa “Feira Cidade Digital”. Ao ver a novidade no Espaço Marcos Moraes, vizinho da praça, não perdeu a oportunidade. “O ônibus é muito legal. Tem os computadores e ar condicionado”, disse.

O diretor-presidente da Fundação Cultural Municipal Egberto Tavares Costa, César Orrico, informou que na próxima semana os intrutores do ônibus vão passar por treinamento para poderem dar aplicar o programa “Alfabetização Digital”, através de programas fornecidos pela Microsoft. Em seguida, o ônibus vai seguir um cronograma de dias de visitação a bairros e distritos.

César Orrico explica que, conforme sugero o nome do programa, o curso que deve ter a duração de uma semana vai fornecer ao público noções básicas de computação, a exemplo do conhecimento do computador, programas, uso da Internet e noção sobre segurança e privacidade. Ao final será feito um teste de avaliação do aprendizado e a entrega de um certificado.

“Primeiro vamos deixar a criança brincar um pouquinho, para que ela criar o hábito. Se no primeiro dia já iniciarmos com o curso podemos afastá-la. A medida em que ela é cativada, podemos ensiná-la sem que perceba”, frisa. Na sexta-feira (30) o ônibus vai estar na Escola Municipal Pai e Mãe no bairro Feira VI.

Elaboração do Plano Municipal de Segurança

Os grupos de trabalho que irão elaborar o Plano Municipal de Segurança estão formados. Compostas por representantes de instituições estaduais e federais, como a Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, as equipes têm origem no Gabinete de Gestão Integrada Municipal, responsável por questões ligadas a segurança no município.

Divididos em três grupos, os membros irão trabalhar sobre temas relacionados a Repressão Qualificada, Estratégia Unificada e Política de Segurança Agregada. A elaboração do plano é um precedente para a implementação do Programa Nacional de Segurança Pública Com Cidadania (Pronasci) em Feira de Santana.

Conforme o secretário de Prevenção a Violência, Mizael Freitas Santana, a criação dos grupos agrega o conhecimento de cada órgão envolvido com a segurança pública. “Ao formar as equipes estamos agregando o saber de cada orgão, permitindo assim, que Feira de Santana seja vista de forma conjunta”, declara.

O Gabinete de Gestão Integrada determinou os grupos de trabalho durante reunião realizada na manhã de quarta-feira (28), no auditório da Secretária de Saúde. O próximo encontro para apresentação das propostas levantadas por cada equipe está programado para o dia 27 de maio.

Palestras pelo Dia da Asma

Uma programação especial será desenvolvida pelo Programa de Asma e Renite Alérgica (ProAr) na próxima sexta-feira (30), pela passagem do Dia Mundial da Asma, – 4 de maio. Palestras serão ministradas por profissionais de enfermagem, pneumologia e fisioterapia, além da realização de sorteio de espaçadores e distribuição de material educativo.

Educadores físicos, nutricionistas e assistentes sociais também participarão do evento, que acontecerá no auditório da Secretaria de Saúde e está aberto à comunidade geral, principalmente aos pacientes que sofrem de asma ou renite alérgica, bem como familiares.

Às 8 horas, será proferida pela pneumologista e coordenadora do ProAr, Heli Brandão, a palestra “A Asma e o Seu Controle nos Cinco Anos de ProAr”. Em seguida, às 9 horas, será discutido pelo pneumologista Ivan Silva, enfermeira Vera Gardênia e fisioterapueta Isabela Caribé, “O Papel da Equipe Multidisciplinar no Tratamento do Asmático”.

O ProAr, disponibilizado pela Prefeitura de Feira de Santana no terceiro pavilhão do Centro de Saúde Especializada (CSE) Dr. Leone Coelho Leda, atende diariamente uma média de 20 a 40 pacientes que sofrem de asma ou renite alérgica e não dispõem de recursos para tratar a doença.

Para ter acesso ao tratamento, o paciente deve antes passar por avaliação no posto de saúde do próprio bairro, o qual é responsável pelo encaminhamento daqueles que possuem a asma grave. Vítimas de asma moderada e leve são tratados pelo clínico no posto de saúde.

Comércio aberto em horário diferenciado

Os estabelecimentos comerciais estão funcionando em horário especial desde quarta-feira (28) devido à comemoração do Dia das Mães no segundo domingo de maio (9). A iniciativa é uma solicitação conjunta à Prefeitura de Feira de Santana do Sindicato do Comércio de Feira de Santana e Sindicato dos Empregados no Comércio.

Até esta sexta-feira (30), o expediente será mantido até às 19 horas, e no domingo (2 de maio), as lojas funcionam das 9 às 15 horas. De segunda-feira (3) à sexta-feira (7 ) o comércio também funciona até às 19 horas. O sábado (1º), pelo Dia do Trabalho é feriado.

Já no dia que antecede a data comemorativa, sábado (8), os consumidores podem fazer suas compras até às 17 horas.

O Decreto nº 7.992, de 28 de abril de 2010, foi publicado em jornal de edição local nesta quinta-feira (29) e não impede o pagamento de horas extraordinárias, bem como de qualquer outro adicional devido, consoante a legislação trabalhista ou acordo coletivo de trabalho.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]