O deputado estadual Carlos Gaban (DEM) levanta suspeitas sobre pressão do Governo do Estado sobre a ALBA

O deputado estadual Carlos Gaban (DEM) levantou hoje (22/04/2010) suspeitas sobre as pressões exercidas pelo governo Jaques Wagner (PT) para que os deputados Eliedson Ferreira (DEM) e Ivo de Assis (PR), que integram a oposição na Assembleia, votassem junto com a base aliada a favor do empréstimo de R$563 milhões junto ao BNDES, na última terça-feira. “Ouvimos rumores, que devem ser investigados, de que o governo ameaçou até não apoiar a Igreja Universal do Reino de Deus no evento que aconteceu ontem no Parque de Exposições”, afirmou Gaban.

Tanto Eliedson Ferreira quanto Ivo de Assis são ligados à Igreja Universal do Reino de Deus, que promoveu ontem, no Parque de Exposições, um grande evento pela paz, com a presença de fiéis vindos de todos os cantos da Bahia. “Merece investigação do Ministério Público, por exemplo, para sabermos quem pagou pelo uso de tantos ônibus que levaram fiéis para o evento. Se foi o governo do estado, e isso entrou na pressão aos deputados, algo precisa ser feito”, acrescentou.

 

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]